quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Portões Abertos AFA 2019



O calor acima dos 30ºC não foi problema para as mais de 70 mil pessoas que compareceram ao tradicional Domingo Aéreo da Academia da Força Aérea.

O evento que é realizado anualmente na AFA, reúne pessoas de diversos pontos do país. Pessoas que se deslocam por horas, movidas por sua paixão pela aviação.

Neste ano, além da anfitriã Esquadrilha da Fumaça, que tradicionalmente realiza duas demonstrações no evento, também tivemos a agradável presença do mais novo vetor da Força Aérea Brasileira, o Embraer KC-390.

Os pilotos da Embraer deram um verdadeiro show tanto na chegada, quanto na partida. Efetuaram várias passagens e curvas de alta performance à baixa altura, mostrando toda a manobrabilidade e versatilidade da maior aeronave já produzida pela indústria aeronáutica brasileira.

A aeronave chegou pela manhã e permaneceu na AFA durante boa parte do evento e partiu à tarde, onde mais uma vez chamou a atenção do público no início do táxi. Por estar próximo às grades, os pilotos tiveram que efetuar um Power-back (uma espécie de ré, usando o reverso dos motores). A Embraer entregou recentemente, a primeira unidade do KC-390 para a Força Aérea, então esperamos que as aparições da aeronave sejam frequentes nos Portões Abertos.

domingo, 15 de setembro de 2019

Os resultados do MAKS-2019


Programa de Exposições MAKS-2019

O XIV Salão Internacional de Aviação e Espaço, realizado de 27 de agosto a 1 de setembro de 2019,  se concluiu com grande sucesso. Os valores dos contratos e acordos assinados durante os dias da feira ultrapassou 250 bilhões de rublos, o potencial comercial do evento é estimado em 400 bilhões de rublos. A exposição foi visitada por 578.810 expositores e convidados.

domingo, 25 de agosto de 2019

B-29 Doc Tour visita o Colorado

Foto: Doc's Friends

A B-29 Superfortress, conhecida como Doc, levará sua excursão B-29 Doc Flight Experience ao Aeroporto Centenário em Englewood, CO, de sexta-feira, 23 de agosto a domingo, 25 de agosto. O Doc chegará na sexta-feira, 23 de agosto e estará disponível para passeios terrestres e de voo no convés no sábado, dia 24 e 25 de agosto, das 9h às 15h, com ingressos da Wings Blue Sky Gallery no Aeroporto Centenário. Os passeios do B-29 Doc Flight Experience, programados para as 10h30 e 12h30 do domingo, 25 de agosto, estarão disponíveis para compra com ingresso na Wings Blue Sky Gallery. Para detalhes e para comprar ingressos para passeios, visite www.explorationofflight.org ou www.b29doc.com/rides .

"Estamos muito animados em levar o Doc ao Colorado para compartilhar a história do B-29, que está no centro de nossa missão de educar as gerações futuras sobre a Grande Geração", disse Josh Wells, gerente geral e diretor executivo da Doc's Friends. “Experimentar um passeio de bordo terrestre e de voo, ou uma experiência de voo com o B-29 Doc, é uma oportunidade única na vida, que inclui uma visão próxima e pessoal de uma das mais magníficas máquinas voadoras já construídas.”

Enquanto estiver no Aeroporto Centenário, o Doc, juntamente com 45 outras aeronaves (principalmente vintage), estará exposto no sábado à tarde e à noite, das 17h às 22h, no 17º evento anual de gala para a pesquisa de câncer pediátrico.

“A Morgan Adams Foundation e o The Wings Over the Rockies Museum têm a honra de receber a estreia do Doc nos Estados Unidos. Isso proporciona à Comunidade do Aeroporto do Centenário, à região metropolitana de Denver e a toda a região de Front Range uma oportunidade extraordinária de vivenciar essa história única da aviação ”, disse Joan Slaughter, fundador e diretor executivo da MAC. “Somos incrivelmente gratos a Wings Over the Rockies e à equipe da“ Doc's Friends ”por fazer parceria conosco para tornar isso possível”, acrescentou ela. “Trazer o Doc para o Aeroporto Centenário serve para enfatizar o compromisso do Museu Wings com a preservação da história da aviação e o estímulo e avanço da aviação e da educação STEM. Ao mesmo tempo, isso alimenta nossa própria paixão pelo voo - continuou Slaughter.
Foto: Doc's Friends

"A sinergia desse esforço colaborativo com o Doc e o MAF oferece a todas as três organizações sem fins lucrativos uma oportunidade única de apoiar umas às outras e, coletivamente, cumprir suas respectivas missões e objetivos", disse o general John Barry, CEO da Wings Over the Rockies Air & Space Museum. "Estamos honrados em fazer parte do evento no Colorado para ajudar a Fundação Morgan Adams a continuar promovendo a pesquisa sobre o câncer e se unindo à luta com aqueles que lutam contra a doença", disse Wells. “É uma oportunidade única de se juntar a outra organização sem fins lucrativos para ajudar a espalhar sua missão e alcançar seus objetivos.”

Fabricado em Wichita, Kansas, em março de 1945, Doc é um de 1.644 B-29 construídas durante a Segunda Guerra Mundial, dos quais apenas dois ainda estão voando. Desde a recuperação da aeronave do Deserto de Mojave, em 1987, os voluntários da Doc's Friends dedicaram mais de 400.000 horas à sua restauração, que foi concluída em 2016.

Coletivamente, as partes anfitriãs são extremamente gratas ao Aeroporto Centenário, à comunidade do Aeroporto Centenário e aos muitos patrocinadores e outros que ajudaram a tornar tudo isso possível; nomeadamente, entre outros, Aeroshell Oil Co .; Autoridade Aeroportuária do Centenário (e seu gerente, Robert Olislagers); Denver Jet Center; o escritório do Distrito de Padrões de Voo da FAA; Torre do Aeroporto Centenário; KP Kauffman Petroleum; Lottman Oil Co .; Aviação Moderna; Suporte de Voo de Assinatura; SunBorne Realty; TAC Air; e, Wings Over o Rockies Air & Space Museum.

Matéria originalmente postada em

quarta-feira, 31 de julho de 2019

quarta-feira, 12 de junho de 2019

Daks over Normandy 2019

O Histórico "DIA D" no 6 de junho de  1944 foi  uma das datas mais importantes da história da guerra moderna e mais ainda para duas modalidades de táticas em desenvolvimento na época; o desembarque anfíbio e o assalto aerotransportado.


A operação "Overlord"  continua ainda como a maior operação de assalto da história, empregando 160.000 militares de diversas nacionalidades, que invadiram as praias da Normandia para iniciar a libertação da Europa Ocidental, rompendo a temida "Muralha do Atlântico" erigida pelas forças do III Reich. O que poucos sabem é que o desembarque anfíbio foi precedido pelo assalto de 24.000 paraquedistas, que saltaram em várias posições (DZ - Drop Zones) por toda a Normandia, ou, aterrissaram aleatoriamente onde era possível pelo território, com o emprego de planadores rebocados. 

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Red Bull Air Race irá acabar em 2019!


A Red Bull decidiu não continuar o Campeonato Mundial da Red Bull Air Race após a temporada de 2019. As corridas restantes deste ano são: Kazan, Rússia, 15-16 de junho; Lago Balaton, Hungria, 13-14 de julho e Chiba, Japão, 7-8 de setembro.

Foram mais de 90 corridas desde que a Red Bull Air Race começou em 2003. Elas deram aos pilotos mais excepcionais do mundo a oportunidade de competir em alta velocidade voando a baixa altitude com manobras extremas. A Red Bull Air Race oferecia entretenimento esportivo da mais alta qualidade, mas não atraía o nível de interesse externo, como muitos outros eventos da Red Bull em todo o mundo.

A Red Bull agradece aos pilotos, suas equipes, parceiros, às cidades anfitriãs e aos funcionários da Red Bull por tudo o que fizeram para tornar esses eventos agradáveis e memoráveis.

Fonte: Red Bull

domingo, 26 de maio de 2019

Blue Angels aposentam o C-130T Fat Albert


Os Blue Angels da Marinha dos Estados Unidos aposentaram oficialmente seu atual C-130T Hercules, carinhosamente conhecido como Fat Albert. Quarta-feira, 22 de maio de 2019, o tenente-coronel Mark Montgomery e o capitão Beau Mabery, juntamente com o restante da tripulação da Marinha, completaram seu voo final a bordo do C-130T Hercules, BN 164763, voando de NAS Pensacola para Fort Worth, Texas. O C-130T passará o resto da sua vida em Fort Worth como treinador terrestre para novas tripulações de C-130.

O C-130T da equipe foi entregue a equipe em 2002, e fez sua estréia no portões abertos de 2002 dos Blue Angels no final de 2002. Desde então, tem sido responsável por levar a equipe e os equipamentos da equipe a todos os shows, ano após ano. 

Desde meados de 2016, o Fat Albert teve uma presença menor nos shows, bem como na demonstração da equipe. Em agosto de 2016, Fat Albert foi para a Tinker AFB em Oklahoma para um processo de remoção de tinta e um período de manutenção. Em seguida, ele passou um tempo na Base Aérea Hill em Utah para uma revisão completa de manutenção antes de ser devolvido para a equipe.

Em julho de 2017, o Fat Albert foi novamente forçado a ficar no solo após um acidente com um KC-130 no Mississippi. O Fat Albert permaneceu de castigo até o final de 2017, e depois que uma investigação do acidente foi concluída, um novo conjunto de adereços foi encomendado para o Fat Albert e instalado antes do Pensacola Beach Air Show 2018. Mesmo assim, Fat Albert voou para o público em poucas ocasiões, e nunca mais voará em shows aéreos.

Embora o atual Fat Albert tenha diminuído nos últimos anos, ele também fez parte de várias ocasiões especiais. Em 2009, tornou-se a última aeronave a usar as garrafas de JATO da era do Vietnã, uma das favoritas dos fãs. Além disso, voou sob o indicativo “Blue Angel 6” em junho de 2016, quando levou para casa o corpo do capitão Jeff Kuss após o acidente fatal em Smyrna, Tennessee.

Atualmente, não se sabe quando a equipe irá adquirir um C-130 mais novo para uso permanente, mas é provável que a equipe peça emprestado C-130's para serviço logístico até lá. 

Artigo publicado originalmente no site

terça-feira, 23 de abril de 2019

Cerimônia marca giro do motor de P-47 da Segunda Guerra Mundial


O Museu Aeroespacial (MUSAL), ligado ao Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), realizou nesta segunda-feira (22/04) a cerimônia do giro do motor do Republic P-47 Thunderbolt, aeronave de caça utilizada pela Força Aérea Brasileira (FAB) na Segunda Guerra Mundial. Realizada no MUSAL, no Campo dos Afonsos (RJ), a solenidade ocorreu em alusão ao Dia da Aviação de Caça, celebrado em 22 de abril, com a presença do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez.



Para o Comandante da Força, o vetor é um marco dos primórdios da Aviação de Caça no Brasil. "Pilotos de caça de ontem, de hoje, e futuros pilotos prestigiaram o evento para ouvir o roncar do avião que, para nós, é o ‘Trator Voador’. Ele traz o simbolismo, a lembrança e, logicamente, uma significativa e merecida homenagem àqueles que nos antecederam, os veteranos do 1º GAVCA, que voaram nos céus da Itália e, depois, o trouxeram para o Brasil", destacou o Comandante.

A restauração da aeronave foi promovida pelo Projeto Quatro Setinho, criado com o objetivo de recuperar e manter o propulsor de uma das aeronave pertencentes ao acervo do MUSAL. Foi realizada uma completa revisão dos seus sistemas operacionais com a participação da FAB, da Associação de Amigos do MUSAL, da Helisul Táxi Aéreo e de outros colaboradores. A última vez que o motor do P-47 havia sido acionado foi em 2016.

De acordo com o Diretor do MUSAL, Brigadeiro da Reserva Luiz Carlos Lebeis Pires Filho , quando foi idealizada a reforma do motor, era inevitável que o giro ocorresse no Dia da Aviação de Caça. “Um dia, apareceu um piloto comercial, Fernando Crescenti, e Gilson Campos, da Associação dos Amigos do Museu Aeroespacial, com a ideia de fazer voltar a girar o motor do P-47, que não acontecia desde 2016 por questões de segurança. Quando me perguntaram se havia um dia especial para que isso acontecesse, eles acharam estranho eu responder na mesma hora: 22 de abril. Não existe outra data para girar Clique aqui para baixar a imagem originalesse avião que não o Dia da Aviação de Caça. Foi muito prazeroso concluir esse projeto”, disse.

O Republic P-47 Thunderbolt, foi o maior e mais pesado caça na história da aviação a ser motorizado por um único motor de combustão interna. Durante a Segunda Guerra, foi um dos principais aviões de caça utilizados pela Força Aérea dos Estados Unidos e por outras Forças Aliadas, incluindo a FAB no 1º Grupo de Aviação de Caça (1º GAVCA). Equipado com quatro metralhadoras calibre .50 em cada asa, foi empregado pelo Brasil como caça-bombardeiro. Seu peso podia chegar a oito toneladas e tinha uma velocidade máxima de 704 km/h.

Brigadeiro da Reserva Luiz Carlos Lebeis Pires Filho

O exemplar de matrícula FAB 4184 foi entregue ao MUSAL em 1987. Em 1990, a pedido do Comandante do 1º GAVCA durante o conflito, Brigadeiro do Ar Nero Moura, foi pintado para representar o B4 do Tenente Luiz Lopes Dornelles, piloto abatido e morto na Itália quando executava sua 89ª missão, em 26 de abril de 1945.

O Dia da Aviação de Caça é celebrado em 22 de abril em alusão à mesma data em 1945, quando uma grande ofensiva do 1º GAVCA contabilizou 44 decolagens em 11 missões em um único dia. Ao fim do dia, o Grupo destruiu mais de 100 alvos. Foi o maior número de missões de combate despachadas em um mesmo dia durante a participação da FAB na Segunda Guerra Mundial.

Fonte: Agência Força Aérea Brasileira