sexta-feira, 6 de abril de 2012

Aerosur vai à falência e encerra suas atividades


A Aerosur, maior companhia aérea da Bolívia, há muito amargava uma crise financeira e hoje surpreendeu funcionários, clientes e todo o mundo da aviação com o repentino encerramento de suas atividades. A empresa não abriu seu escritório e sua oficina em Cochabamba, além de cancelar boa parte de seus voos e mesmo seu site na internet. Centenas de clientes de funcionários fizeram fila em frente à sede da companhia para tentar reaver o dinheiro pago por suas passagens ou tentar algum tipo de acordo.

Segundo a imprensa boliviana, a dívida da companhia com o governo do país e outros credores supera US$ 150 milhões, sem contar salários e direitos trabalhistas atrasados. Para completar, a Aerosur é acusada de ser uma empresa “fantasma”, sem patrimônio ou mesmo contas na Bolívia.

Governo e empresa continuam negociando um plano de recuperação, mas após o fechamento de hoje é difícil que cheguem a um acordo que leve os jatos da Aerosur de volta ao ar ou traga de volta a confiança de seus clientes e funcionários.

A Aerosur sempre despertou curiosidade e simpatia entre os amantes da aviação devido aos seus aviões. Cada modelo recebe o nome e a pintura de um animal, o que os diferencia das pinturas sóbrias que vemos nos aeroportos mundo a fora, como tubarão, potro, puma, jacaré,  búfalo, touro e vários outros animais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário