quarta-feira, 30 de maio de 2012

Aérea TAP desiste de interromper operações no Aeroporto de Viracopos


Empresa havia anunciado suspensão de voos internacionais em Campinas. TAP opera três voos regulares para a Europa semanalmente em Viracopos.

Após um mês do anúncio de que suspenderia temporariamente as operações no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), a companhia aérea TAP Portugal divulgou que vai manter os voos após acordo feito com autoridades e a órgãos responsáveis pela administração e manutenção do terminal. A empresa havia anunciado que deixaria de operar em Viracopos e remanejaria os passageiros para o Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) no período de baixa temporada entre outubro e março de 2013 pela falta de estrutura do aeroporto.

A companhia aérea possui três voos regulares internacionais por semana saindo de Campinas para a Europa desde julho de 2010.

Entre os motivos que levaram a TAP Portugal a anunciar a suspensão dos voos em Campinas estão a falta de estrutura de Viracopos e a inexistência de serviços de catering e de free shop - área franca para comercialização de mercadorias nacionais e estrangeira com isenção ou redução de impostos-, "indispensáveis em qualquer aeroporto com voos internacionais", segundo a empresa. Desde 11 de abril, a Pluna Linhas Aéreas Uruguaias não opera mais voos para Montevidéu partindo de Campinas, mas a empresa alega que pode retomar as operações a partir de junho.

De acordo com nota oficial da TAP enviada à imprensa e às agências de turismo na tarde de segunda-feira (28), a decisão de suspender temporariamente os voos "foi examinada cuidadosamente e após uma série de reuniões e compromissos firmados envolvendo a companhia, autoridades e diversas entidades prestadoras de serviços do aeroporto, chegaram a um consenso positivo que permitirá a manutenção destas frequências". A companhia informou ainda que aguarda que os serviços de operação aeroportuária internacional estejam em operação em breve.

O Aeroporto de Viracopos bateu recorde de movimento de passageiros em 2011, quando 7,5 mil pessoas passaram pelos terminais de embarque e desembarque. O último balanço divulgado pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) aponta que nos quatro primeiros meses deste ano foi registrado movimento de 2,8 milhões de pessoas.

Fonte: G1.globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário