quarta-feira, 30 de maio de 2012

China disposta a vender 300 caças JF-17 Thunder


A China está disposta a vender, nos próximos cinco anos, nada menos que 300 caças JF-17 Thunder, de fabricação conjunta sino-paquistanesa. Entre os compradores mais prováveis estão a República Democrática do Congo, a Nigéria, o Sri Lanka, o Sudão, a Venezuela, a Turquia e a Sérvia.

Até hoje, somente o Ministério da Defesa do Paquistão comprou estes aviões. Na totalidade, a Força Aérea deste país pretende ser equipada com 150 jatos JF-17. Não está excluída a possibilidade da encomenda aumentar em mais 50 caças.

A Força Aérea da China contemplou anteriormente a possibilidade de utilizar os jatos JF-17, mas desistiu da idéia, preferindo aperfeiçoar a “família” dos caças J-11, os quais são uma versão modificada do caça russo Su-27.

Fonte: Voz da Rússia

Nenhum comentário:

Postar um comentário