terça-feira, 15 de maio de 2012

Lockheed completa entrega das 17 aeronaves CC-130J Super Hercules para o Canadá


A Real Força Aérea do Canadá aceitou formalmente a 17ª aeronave de transporte Lockheed Martin CC-130J Super Hercules foi entregue oficialmente na semana passada, completando a encomenda feita em dezembro de 2007. A última aeronave dessa encomenda chegou no dia 11 de maio a Ala 8 em Trenton, Ontário, onde em breve será colocada para trabalhar na função de transporte aéreo tático, vital em todo o Canadá e ao redor do mundo.

Participaram da cerimônia Julian Fantino, ministro adjunto da Defesa Nacional, e o tenente-general André Deschamps, o comandante da Royal Canadian Air Force (RCAF), juntamente com os membros da Ala 8, para assinalar este marco histórico.

Esta entrega foi a última de um anúncio feito pelo Governo do Canadá, em junho de 2006, para adquirir 17 novas aeronaves para revitalizar as atuais capacidades de transporte aéreo tático do Força Aérea do Canadá. O contrato foi adjudicado em dezembro de 2007, e a ??Lockheed Martin recebeu o contrato avaliado em aproximadamente US$ 1,4 bilhão, além de um serviço de suporte assinado em janeiro de 2010, de US$ 710 milhões, por um período inicial que termina 30 de junho de 2016.

O contrato original previa que todas as 17 aeronaves seriam entregues até o final de 2012. O primeira CC-130J foi entregue em junho de 2010, e a entrega da última aeronave demonstra o sucesso do programa e a realização das entregas antes do programado.

“A entrega do último CC-130J Hercules para a RCAF representa um marco significativo na história da RCAF”, disse o tenente-coronel Colin Keiver, Comandante do Esquadrão 436 (T). “A aeronave já provou seu valor em todo o mundo em lugares como Afeganistão e Líbia, assim como aqui em casa no Canadá. Nossos parceiros da Lockheed Martin entregaram-nos uma aeronave que dá uma nova vida ao Esquadrão 436.”

“O C-130 Hercules adquiriu muitos apelidos e títulos afetivos ao longo dos anos, mas é no Canadá que a aeronave ganhou um nome que eu acho que resume o verdadeiro significado desta aeronave – ‘workhorse’ “, disse George Shultz, vice-presidente e gerente geral dos programas C-130 na Lockheed Martin. “Hoje reconhecemos outro grande capítulo na história do transporte aéreo canadense e na continuação e expansão dos relacionamentos fortes e de longa data com os nossos parceiros industriais no Canadá.”

Até à data, a Lockheed Martin já entregou mais de US$ 350 milhões em compensações para a indústria canadense como um resultado dos contratos entre o Governo do Canadá e o Serviço de Suporte da aeronave CC-130J.

Nenhum comentário:

Postar um comentário