terça-feira, 1 de maio de 2012

Marinha dos EUA decide seguir em frente com o UAV VTOL Fire-X



A Marinha dos EUA deu a luz verde à Northrop Grumman, Bell Helicopter e Rolls Royce para entregar oito aeronaves não tripuladas de decolagem e pouso vertical (VTOL UAV) Fire-X através do programa chamado de “Next-Generation Fire Scout”.

De acordo com a Northrop Grumman, um contrato de US$ 262 milhões foi assinado no dia 23 de Abril, onde a joint venture vai produzir uma primeira parcela de UAVs, com planos adicionais da Marinha para a aquisição de mais 20 aeronaves no âmbito de um rápido esforço de desenvolvimento.

A notícia vem após a decisão da Marinha dos EUA de suspender os voos de sua frota de 14 helicópteros não tripulados MQ-8B Fire Scouts após dois recentes incidentes.

No início do mês, a Marinha disse que os procedimentos de desempenho e o sistema operacional estavam sendo avaliados após a queda no mar de um Fire Scout na costa da África Ocidental e um acidente separado no norte do Afeganistão.

Em junho, outro Fire Scout foi perdido na Líbia durante as operações depois de ser lançado do USS Halyburton, que tinha sido desviado de operações de combate à pirataria para apoiar a missão no Norte da África.

Com base na estrutura do Bell 407, a Northrop Grumman disse que o MQ-8C Fire-X oferece um “maior alcance, resistência e capacidade de transporte de carga para envio aos esforços de coleta de informações dos comandantes.

Duke Dufresne, vice-presidente e gerente geral de sistemas não-tripulados na Northrop Grumman disse: “Através do nosso esforço de demonstração do Fire-X financiado pela empresa provamos que utilizando a arquitetura de sistemas não tripulados maduros desenvolvidos para o Fire Scout MQ-8B, colocados no helicóptero Bell 407, proporcionaria uma maior capacidade de forma eficiente e acessível.”

Desenvolvimento ddo Fire-X começou em 2010 com um protótipo que completou seu primeiro vôo autônomo em Yuma Proving Ground, no Arizona, no primeiro ano. A aeronave é projetada para missões ISR, bem como de ressuprimento de carga com uma capacidade de carga de mais de 3.200 libras.

Fontes disseram que o novo UAV seria capaz de conduzir missões ISR por até 16 horas de duração.

Fonte: Shephard

Nenhum comentário:

Postar um comentário