sábado, 5 de maio de 2012

Pratt & Whitney entrega o 50° motor F135 para o programa JSF


A Pratt & Whitney entregou ao Departamento de Defesa dos EUA o 50° motor F135 de produção que atualmente equipa os caças de quinta geração Lockheed Martin F-35 Lightning II. O 50° motor está programado para ser instalado num caça F-35C (variante embarcada em porta-aviões) para a Marinha dos Estados Unidos. A aeronave F-35C será posteriormente entregue a Base Aére de Eglin, para treinamento dos pilotos da Marinha.

“A entrega do 50° motor F135 de produção é um marco significativo para o programa”, disse Chris Flynn, vice-presidente dos programas dos motores F135/F119 na Pratt & Whitney. “Estamos orgulhosos dos progressos realizados no motor do caça mais avançado de quinta geração no mundo. Vamos continuar a trabalhar diligentemente para atingir outras importantes marcas de produção e de testes, enquanto cumprimos os nossos objetivos de custo.”

A Pratt & Whitney continua empenhada em aumentar os níveis de produção, enquanto diminui os custos. Até à data, a Pratt & Whitney e os seus fornecedores foram capazes de reduzir o custo em mais de 25 por cento sobre a versão do motor de decolagem e pouso convencional (CTOL), em comparação com os motores originais do teste. A capacidade de produção do motor em 2012 deverá dobrar comparado a 2011, como ocorreu entre os anos 2010-2011.

O programa F-35 inclui três variantes para atender às necessidades exclusivas das forças armadas norte-americanas e os participantes internacionais no programa: a versão embarcada em porta-aviões (CV), a de pouso e decolagem convencionais (CTOL) e a versão de Decolagem Curta / Pouso vertival (STOVL). Até à data, o sistema de propulsão F135 tem impulsionado mais de 330 pousos verticais, 2.000 vôos de teste que produziram mais de 3.000 horas de vôo. A Pratt & Whitney já entregou 30 motores CTOL/CV e 20 motores STOVL, e equipamentos dos sistemas de propulsões relacionados. O sucesso do programa do motor F135 valida a confiabilidade, segurança e desempenho do motor.

Incluídos nos 50 motores estão os equipamentos da última parcela necessária para o terceiro lote de Produção Inicial de Taxa Baixa (LRIP) de motores. A Pratt & Whitney está entregando agora à quarta parcela das exigências contratuais LRIP que está programada para ser concluída até o final de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário