sexta-feira, 8 de junho de 2012

Aeronave AEW&C Wedgetail da RAAF chega no Alasca para o Exercício Red Flag


A aeronave de alerta aéreo antecipado e controle (AEW&C) Wedgetail da Royal Australian Air Force (RAAF) chegou no Alasca e está participando da atividade aérea internacional mais avançada de treinamento de combate, o Exercício Red Flag que ocorre na Base Aérea de Eielson, no Alaska.

O exercício Red Flag Alaska, liderado pelo Comando do Pacífico da Força Aérea dos EUA, é um exercício de grande força de trabalho projetado para reproduzir um avançado ambiente de combate. O exercício vai durar duas semanas e começou oficialmente na quinta-feira, dia 7 de junho.

Até 60 pessoas da Base da RAAF de Williamtown, do Esquadrão N° 2, e mais de 70 funcionários do Esquadrão N° 37 da Base da RAAF de Richmond, vão participar do treinamento de classe mundial de combate aéreo nos céus do Alasca nessas próximas duas semanas.

O comandante do Esquadrão N° 2, o Wing Commander Paul Carpenter, disse que este será o maior exercício que a aeronave nova aeronave E-7A Wedgetail vai participar e envolverá uma série de cenários de vigilância e combate aéreo para testar as missões operacionais aéreas e do pessoal no solo no mais alto nível.

“Este exercício será um passo importante à medida que avançamos para declarar a capacidade operacional inicial (IOC) ainda este ano,” disse o Wing Commander Carpenter. “O Red Flag também proporcionará excelentes oportunidades para o nosso pessoal ao se integrar numa força-tarefa conjunta, aprendendo como operar em outros países.”

A tripulação será exposta a uma grande força de trabalho numa escala que não é possível na Austrália, quando desempenharem missões defensivas, de ataque de precisão e de apoio aéreo ofensivo em pacotes de até 60 aeronaves.

Aeronaves de transporte C-130H e C-130J Hercules do Esquadrão N° 37 também vão participar no exercício, e praticar uma variedade de papéis, incluindo lançamento aéreo de carga e desembarque em aeroportos implantados.

“O pessoal dos C-130H e C-130J deve ser proficiente na operação de suas aeronaves numa variedade de ambientes e cenários, a fim de apoiar as operações de defesa”, disse o Comandante da Ala N° 84, o Wing Captain Donald Sutherland.

O exercício de coalizão vai ver os participantes da Austrália, dos EUA, Alemanha, Polônia, Japão e um componente de aeronaves E-3A Sentry da OTAN, juntamente com observadores militares da Rússia e de Bangladesh que trabalham juntos numa das maiores atividades que a RAAF estará envolvida neste ano.

O Red Flag Alaska será operado na Faixa Conjunta do Complexo do Pacífico de 67 mil milhas quadradas, que oferece espaço adequado e variado para as tripulações simularem as batalhas aéreas em larga escala.

O Exercício Red Flag Alaska 2012 será executado até o dia 22 de junho de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário