segunda-feira, 18 de junho de 2012

Exército Francês inicia testes de nova variante HAD do helicóptero Tiger


A Aviation Légère de l’Armée de Terre (ALAT), o braço de aviação do exército da França, começou a avaliar o protótipo HAD (Hélicoptère Appui-Destruction), uma variante de apoio de fogo do helicóptero de ataque Tiger.

Ao longo de oito semanas, o helicóptero será avaliado no seu ambiente operacional, sendo conduzido finalmente a sua introdução em serviço.

O helicóptero Tiger tem estado em serviço com o exército francês desde 2005. A versão HAP de Apoio e Escolta inicialmente equipou a escola de helicóptero franco-alemã em Le Cannet des Maures e, posteriormente, o quinto Regimento de Helicópteros de Combate e o Quarto Regimento de Helicópteros das Forças Especiais.

Os 37 helicópteros entregues até à data demonstraram a sua eficácia operacional, de dia e de noite, no Afeganistão e na Líbia. O exército francês expressou um requisito operacional para 80 tigres, incluindo 40 HAPs e 40 HADs.

A ALAT está assim se preparando para dar um passo adicional no seu desenvolvimento com a introdução dos primeiros Tiger HADs até ao final do ano. Esses helicópteros vão assumir a responsabilidade primária no ataque a veículos blindados, posições fortificadas ou outros alvos de alto valor no campo de batalha, mas deve ser testado antes de entrar em serviço.

Um primeiro helicóptero foi entregue ao departamento técnico da seção aeromóvel do Exército para uma avaliação técnica e operacional de oito semanas. Quatro séries de avaliações de tiro serão realizadas na área de disparos de Ile du Levant da agência de contratos públicos de defesa. Na verdade, o primeiro teste de disparo de um míssil anti-tanque foi realizado em 7 de Junho, na frente de um número de observadores, incluindo o comandante da ALAT, General Pertuisel. O míssil Hellfire tem um alcance de 8 km e é guiado por laser.

O disparo foi realizado a uma distância de 4.200 metros do alvo, e o míssil atingiu em cheio o alvo, após um voo de 15 segundos. Um verdadeiro sucesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário