sexta-feira, 1 de junho de 2012

Força Aérea da Rússia deve receber 60 aeronaves An-70 até 2020


A Aviação de Transporte Militar da Rússia (VTA) deve receber 60 aeronaves de transporte tático Antonov An-70 com motores propfan até 2020, informou nessa quinta-feira o comandante da Força Aérea da Rússia, o tenente-general Viktor Kachalkin.

“A partir de 2014, vamos começar a receber o Ilyushin Il-76-MD90A (Il-476) e também os modernizados Il-76MD. Também estamos contando com a entrega de novos An-70″, disse ele.

A VTA vai também receber 25 aviões de transporte super-pesado Antonov An-124 com várias modificações até 2020, disse ele.

A Aviação de Transporte Militar da Rússia não tem a intenção de comprar qualquer aeronave de fabricação estrangeira, acrescentou. “A aquisição de material estrangeiro não nos interessa, já que o equipamento russo atende aos nossos requisitos”, disse ele.

O An-70 projetado na Ucrânia, que está sendo construído em conjunto com a Rússia, teve um desenvolvimento longo e conturbado, com um protótipo que acabou quebrando na década de 1990 depois de uma colisão e um segundo que caiu em 2001 num acidente na decolagem em Omsk. O avião também teve um histórico de dificuldades com seus motores propfan.

A Rússia retirou-se do projeto em 2006, com o comandante da Força Aérea da Rússia Vladimir Mikhailov, afirmando que não precisam do avião e que prefere o modernizado Il-76, mas posteriormente voltou ao programa.

Fonte: RIA Novosti

Nenhum comentário:

Postar um comentário