sábado, 30 de junho de 2012

Governo japonês confirma compra dos quatro primeiros caças F-35



O governo japonês concluiu nessa sexta-feira, dia 29 de junho, um contrato oficial com o Departamento de Defesa dos EUA para aquisição dos quatro primeiros caças F-35 da Lockheed Martin. O Japão vai pagar cerca de 10,2 bilhões de ienes (aproximadamente US$ 128 milhões) por cada uma dos caças, que serão apresentados como a próxima geração dos principais jatos de combate para a Força de Auto-Defesa Aérea do Japão (JASDF) no ano fiscal de 2016.

O preço por avião aumentou dos previstos 9,9 bilhões de ienes (cerca de US$ 121 milhões) no Orçamento Fiscal do Estado de 2012, devido a atrasos no desenvolvimento do produto. O Japão havia dito que não confirmaria as aeronaves caso tivesse aumento no preço, mas não teve outra opção.

O Japão escolheu o caça F-35 da Lockheed Martin, contra outros dois candidatos, em dezembro de 2011. Outros competidores considerados para substituir os jatos F-4 Phantom II da JASDF foram o Eurofighter Typhoon e o Boeing F/A-18 Super Hornet.

As quatro primeiras unidades são o primeiro lote de caças F-35 que o país vai adquirir a partir do ano que começa em abril de 2016.

Para o ano fiscal de 2012, o governo vai reservar cerca de 60 bilhões de ienes para custos relacionados com os jatos F-35, incluindo a aquisição de simuladores de vôo para treinamento de pilotos. Para compensar o aumento de preços, o governo vai reduzir esses custos, disseram as fontes.

A JASDF está planejando comprar um total de 42 jatos F-35. Mas as forças norte-americanas e australianas já voltaram atrás nos seus planos de compra X prazos de entrega dos caças F-35 devido a atrasos no desenvolvimento dos software.

As preocupações estão se acumulando devido a atrasos na entrega do produto e aumento dos preços, disseram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário