sábado, 16 de junho de 2012

London Air Services é a cliente canadense de lançamento do novo Learjet 75


A London Air Services (LAS) é a primeira cliente canadense de lançamento para o novo Learjet 75. O negócio para compra de cinco jatos está avaliado em aproximadamente US$ 65 milhões, baseado no preço de lista de 2012 para as aeronaves tipicamente equipadas. A LAS é a primeira operadora canadense a colocar uma encomenda firme para o novo jato executivo leve.

“O Learjet 75 é uma mistura perfeita de alta tecnologia, moderna cabine, e característico desempenho das aeronaves lendárias Learjet”, afirmou Wynne Powell, presidente e CEO da London Air Services. “O novo jato será um grande complemento à nossa existente frota da Bombardier Business Aircraft.”

Uma prestadora de serviços de fretamento baseada em Richmond, British Columbia, a LAS opera atualmente uma frota de cinco jatos Learjet 45XR, um Challenger 604 e dois Challenger 605. Um jato executivo Global 7000 está programado para ser entregue em 2017.

O desempenho da aeronave Learjet 75 será melhor melhor devido ao aumento do empuxo dos novos motores Honeywell TFE731-40BR, oferecendo melhor desempenho em decolagem em relação ao motor antecessor, o Honeywell TFE731-20BR. Os novos sistemas também vão contribuir para um ganho redução de peso e os novos winglets inclinados irão melhorar a eficiência aerodinâmica. Em geral, a Bombardier espera até nove por cento de melhoria no desempenho sob condições de calor e grandes altitudes, e até quatro por cento de melhoria na eficiência no consumo de combustível.

A aeronave Learjet 75 tem um alcance máximo de mais de 2.000 milhas náuticas numa velocidade de cruzeiro de até Mach 0,75. O Learjet 75 pode voar com quatro passageiros e dois tripulantes sem escalas de Los Angeles para Toronto e Mumbai para Bangkok. Além disso, tem capacidade para uma autonomia de cerca de 1.950 milhas náuticas com oito passageiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário