terça-feira, 5 de junho de 2012

modernizações revitalizam os bombardeiros B-1B Lancer da USAF


Os bombardeiros B-1B Lancer estão atualmente recebendo hardwares mais avançados e upgrades nos softwares como parte do programa de apoio Block 16.

As melhorias do programa Block 16 incluem um sistema totalmente integrado de link de dados na estação posterior e atualização das telas de situação vertical na estação dianteira, bem como atualizações de sistemas de navegação, radares e de diagnóstico.

“O B-1 nunca tinha havia recebido tantas atualizações num só pacote”, disse o major Thomas Bryant, o diretor assistente de operações do 337° Esquadrão de Teste e Avaliação. “Essas atualizações nos darão uma aeronave totalmente nova, e esta é uma virada de jogo”.

A estação de tripulantes posterior vai agora receber cinco novas telas coloridas, todas capazes de fornecer mapas móveis e links de dados integrados. Os oficiais de sistemas de armas receberão completos teclados “QWERTY” e novos controladores para realizar a interface com o software integrado de estação de batalha.

Além disso, um novo rádio MIDS LVT-1, usando as capacidades integradas de estação de batalha, prepara o B-1 para a rede Link-16, permitindo que o B-1 possa enviar e receber mensagens de texto, imagens e atribuições da missão.

Ao contrário dos recursos de mensagens atuais, as atribuições do link de dados plenamente integrado irá interagir diretamente com a aeronave, permitindo que os comandantes de combate tenham a capacidade de enviar os alvos definidos diretamente para as armas a bordo do B-1.

“A capacidade do novo link de dados é enorme para o B-1″, disse Bryant. “Os ativos de comando e de controle terão a capacidade de enviar-nos os alvos eletronicamente, automaticamente ligando em nosso sistema, em vez de inserir manualmente as coordenadas.”

Enquanto as atualizações do link de dados totalmente integrados basicamente apoiam os operadores do sistemas de armas da estação posterior, o programa de apoio Block 16 também inclui atualizações das telas de situação vertical para a estação frontal.

Os pilotos receberão um novo display de instrumento digital de voo, fornecendo parâmetros de vôo mais precisos. As estações do piloto e do co-piloto cada um receberá uma nova tela multifunção de 8 por 10 polegadas e um mesmo controle de cursor que está instalado na estação posterior.

Estes novos monitores situacionais independentes apresentam mapas móveis e informações direcionadas para a estação frontal, fornecendo-lhes informações idênticas as disponíveis na estação traseira.

O Link de Dados totalmente integrado e as atualizações dos monitores de situação vertical já completaram os testes de desenvolvimento na Base Aérea de Edwards, na Califórnia, e em seguida três aviões do 337° Esquadrão de Testes e Avaliação serão modificados com as novas atualizações.

Os testes de desenvolvimento para todo o pacote de apoio Block 16 está agendado para começar em março de 2013. De acordo com a programação atual, os B-1B de teste começarão a avaliação operacional em setembro de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário