terça-feira, 12 de junho de 2012

Presidente da Venezuela fala novamente no interesse por caças Su-35 da Rússia


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez voltou a falar sobre o interesse de seu país nas aeronaves de combate russas Sukhoi Su-35, durante uma entrevista transmitida na Venezolana de Television, na segunda-feira, dia 4 de junho, desde o Palácio de Miraflores.

Chávez, de repente, virou para o jornalista Boris Castellanos, e disse: “Nós estamos interessados ??no avião”, e numa tentativa por parte do entrevistador por mais informações, Chávez disse: “Até então é isso que posso falar”.

Deve-se notar que não é a primeira vez que o presidente Hugo Chávez, assim como alguns oficiais militares vem manifestando o interesse na Venezuela para a compra do caça Su-35.

Em julho de 2008, um oficial da aviação militar venezuelana foi visto realizando uma inspeção no cockpit de um Su-35 na base aérea russa em Zhukovsky. Já foram publicadas várias notas a partir de fontes especializadas, tais como o Jane’s Defense Weekly, que em maio de 2010 relatou os planos da Rússia de vender 24 caças Su-35 para Venezuela, após uma visita do então primeiro-ministro russo Vladimir Putin no país naquela época.

O caça Sukhoi Su-35 (designação da OTAN: Flanker-E) foi inicialmente conhecido como Su-27M, um caça versátil e bimotor, altamente manobrável, desenvolvido pela empresa russa Sukhoi, como um derivado do caça de superioridade aérea Su-27.

Começou a ser desenvolvido em 1980, quando a Sukhoi estava buscando melhorar seu desempenho do caça de alta desempenho Su-27. O resultado no Su-35 foi a incorporação de melhorias aerodinâmicas que proporcionam maior manobrabilidade, aviônicos muito melhorados, maior alcance, e motores mais potentes. O primeiro protótipo, convertido a partir de um Su-27 de produção em série, fez seu vôo inaugural em junho de 1988.

O Su-35 foi desenvolvido ainda mais, com o estudo de motores com capacidades de empuxo vetorial entre outras melhorias, o que resultou no caça Su-35BM classificado como de geração 4++ pelo seu fabricante. Esta nova versão, que incorporou bocais ajustáveis, entrou em produção em série em 2010, com o nome de Su-35S para a Força Aérea Russa.

Fonte: FAV Club

Nenhum comentário:

Postar um comentário