segunda-feira, 11 de junho de 2012

Romênia poderá ter que manter seus MiG-29 voando até 2018


O Ministro da Defesa da Romênia, Corneliu Dobritoiu, disse que no caso do país não ter dinheiro para comprar um avião multifunção, que ele poderá estender o período de utilização de seus aviões MiG-29. Ele declarou numa conferência de imprensa na quinta-feira que era “a última variante, a última opção, a última resistência”, conforme a Agerpres.

“Se não encontrarmos soluções para comprar um avião multifunção, então teremos que estender o período de operação da frota de MiG-29s até 2018″, disse o ministro da Defesa. Segundo ele os aviões já estão desatualizados.

“Este prazo é forçado para os aviões que foram projetados para operar por 25 anos e estendeu a sua vida para até 40 anos. A única solução é usar de forma inteligente os recursos que temos, a fim de identificar os rendimentos para satisfazer nossas necessidades de equipamentos”, mencionou Dobritoiu.

Militares romenos vão vender patrimônio em excesso

O Ministro da Defesa declarou nesta quinta-feira que o exército romeno pretende vender seu patrimônio em excesso para ganhar dinheiro para novos equipamentos. Uma empresa de renome internacional provavelmente será usada para a venda.

“O Exército romeno dificilmente pode estar na etapa de se equipar. O orçamento está desequilibrado por causa do homem candidato a prefeito em Cluj, em nome do PDL. Enquanto as despesas com pessoal representam 85% do orçamento, o orçamento para equipamento é muito pequeno. Isso não significa que não estamos tentando encontrar soluções para resolver a questão. Estamos agora analisando um nível superior da administração do patrimônio do exército, a fim de encontrar soluções e recursos gerados para o orçamento de equipamentos. Isso não significa que o exército vai se transformar numa agência imobiliária”, disse Dobritoiu. Segundo ele outros Estados membros da OTAN têm feito o mesmo.

“Não seria a primeira nação da OTAN. Os poloneses usaram a infra-estrutura excedente para comprar uma frota multirole, os britânicos venderam suas partes e agora estão pagando o aluguel por 50 anos, a fim de encontrar recursos para financiar seus programas estratégicos”, acrescentou o ministro.

Fonte: ActMedia Romanian News Agency

Nenhum comentário:

Postar um comentário