quinta-feira, 28 de junho de 2012

TAI da Turquia apresenta o novo avião turboélice de treinamento básico Hürkus


A montagem e fabricação da aeronave turca de treinamento primário e básico “Hürkus”, que foi projetada pelos engenheiros da TAI (Turkish Aerospace Industries) e apoiado por muitas empresas nacionais subcontratadas para atender as necessidades dos requisitos de treinamento da Força Aérea turca, foi concluída e apresentada no dia 27 de junho de 2012, com uma cerimônia realizada nas instalações da TAI em Kazan.

Muitas autoridades militares e civis, autoridades de aviação da Turquia e da Europa e convidados estrangeiros participaram da cerimônia de lançamento, incluindo o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan, o Chefe do Estado-Maior General Necdet Özel, membros do gabinete, comandantes da Força, e a família de Vecihi Hürkus.

Os convidados puderam ver na ocasião o início da fase de teste do Hürkus com o primeiro vôo da aeronave, que foi projetada pelos engenheiros turcos e fabricado por técnicos turcos.

Principais características do Hürkus

- Compatível com programa de treinamento primário e básico dos pilotos, capaz de realizar missões diurnas e noturnas, e assentos na configuração tandem;

- Equipado com motor turboélice de 1600 hp, permitindo a fácil transferência dos pilotos em treinamento para os aviões a jato;

- Alto desempenho e baixo custo operacional devido a tecnologia estado-da-arte empregada;

- Concebido para garantir um desempenho superior a concorrência, com quase 21.000 requisitos de desempemho, pilotagem e segurança de vôo;

- Projeto documentado com mais de 4.800 arquivos de design e 7.250 desenhos técnicos como um resultado de mais de 1 milhão de horas de engenharia,

- Flexível no projeto para aplicações futuras, como a de vigilância e uso de armas

O Centro de Aviação e Aeroespacial da TAI na Turquia é impulsionado com a visão para ser uma empresa de renome internacional no meio aeroespacial com produtos nacionais e com poder competitivo global, e está dedicado a abrir novas fronteiras para o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário