sexta-feira, 13 de julho de 2012

Avançam testes de integração do míssil ar-ar Meteor nos caças Eurofighter


A integração do míssil ar-ar “além do alcance visual” Meteor com o Eurofighter Typhoon progride à medida que o design do cockpit está sendo avaliado pelos pilotos da BAE Systems. Os pilotos de cada uma das nações do Eurofighter foram convidadas a participar dos ensaios de avaliação de cabine para uso do míssil Meteor conduzidos pela BAE Systems na unidade de Warton, em Lancashire.

Apoiados por uma equipe de engenheiros, os pilotos voaram várias missões num simulador do Typhoon redesenhado para incorporar a funcionalidade da arma Meteor. Os testes foram bem sucedidos, resultando numa série de recomendações para a concepção final do cockpit.

Steve Long, piloto de testes da BAE Systems participou dos ensaios e disse: “Uma das coisas mais importantes a considerar quando se integra um novo míssil é certificar-se que do ponto de vista de um piloto seja intuitivo de usar. Num ambiente de combate, não há espaço para o fracasso. Tem que ser intuitivo, tem que ser à prova de idiotas. Os testes envolveram o trabalho através de inúmeros cenários para certificar que a adição deste novo recurso foi projetado para o avião com o usuário em mente.”

Falando sobre a capacidade que o Meteor fornecer para os futuros pilotos de combate Typhoon, Steve acrescentou: “O Meteor é um acessório extremamente importante para a capacidade Typhoon. Como um piloto, você quer saber que você tem uma vantagem, que você tem algo melhor do que seu oponente. Tendo o Meteor colocado debaixo de suas asas significa que você está entrando num avião que instantaneamente te dá a confiança e tranquilidade para realizar a sua missão.”

O míssil ar-ar Meteor fabricado pela MBDA, irá fornecer para a aeronave Typhoon uma capacidade com armas de ponta. Com avançada tecnologia no motor e os mais recentes produtos eletrônicos para proporcionar o melhor desempenho de combate, o Meteor irá garantir que o Typhoon continue sendo uma das mais avançadas aeronaves multimissão do mundo, complementando a avançada capacidade de mísseis ar-ar de curto alcance dos Eurofighter.

O Meteor foi voado e com segurança alijado da aeronave Typhoon, e um primeiro disparo real está previsto para ocorrer antes do final de 2012. Em serviço operacional, o Typhoon vai transportar os mísseis Meteor projetados para otimizar o seu desempenho de combate além do alcance visual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário