quinta-feira, 26 de julho de 2012

Governo tcheco faz pressão sobre suecos para estender leasing de caças Gripens


O governo tcheco vai começar a procurar um novo fornecedor de aviões de combate, a menos que a Suécia melhore sua oferta para prolongar um contrato de locação de seus caças Gripen, agora em uso pela força aérea, disse o primeiro-ministro tcheco nesta quarta-feira.

O aluguel da República Tcheca de 14 caças Gripen, fabricado pela Saab, se esgota em 2014 e o país da Europa Central está sob pressão para encontrar um substituto mais barato ou uma extensão, enquanto encolhe o orçamento militar.

Mas o primeiro ministro do país membro da OTAN, Petr Necas, disse na quarta-feira que os tchecos iriam preparar um concurso para escolher um fornecedor diferente, a menos que a Suécia melhore a sua oferta em novembro.

“Se essa, para mim surpreendentemente, pouco acolhedora atitude persistir… vamos avançar com um concurso público e os caças Gripen vai ficar ou não”, disse Necas, em entrevista coletiva após discutir no gabinete a mais recente proposta sueca.

O governo não deu detalhes sobre a oferta. O Daily Pravo tinha relatado que a Suécia havia oferecido um pequeno desconto no preço atual de cerca de US$ 95 milhões por ano.

Os tchecos arrendaram os Gripens em 2004 por 10 anos, por cerca de US$ 927,89 milhões sob a taxa de câmbio atual.

O governo pretende estender o contrato por vários anos, enquanto aguarda uma decisão sobre o futuro a longo prazo da sua força aérea.

Fonte: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário