quarta-feira, 18 de julho de 2012

Indonésia vai enviar seu caças Su-30 para um exercício militar na Austrália


A Indonésia está enviando seus caças de linha de frente Sukhoi Su-30 para participar no maior exercício de combate aéreo da Austrália no final deste mês, sinalizando uma nova era de maior cooperação defensiva.

A Força Aérea da Indonésia nunca deu acesso a Força de Defesa Australiana para a aeronave de fabricação russa, que foram construídas para competir com os caças de quarta geração dos Estados Unidos.

Mas quatro dos caças Sukhoi Su-30 serão levados para o norte australiano para participar no Exercício Pitch Black 2012, que incluirá combates simulados com os jatos de combate australianos F/A-18 na Austrália e no espaço aéreo da Indonésia.

Caças a jato dos EUA vão participar no exercício, que ocorre entre o dia 27 julho e 17 agosto, e serão comandados a partir das Base da RAAF de Darwin e Tindal

John Farrell, um analista militar, disse que a decisão de enviar os caças Sukhoi para a Austrália elevaria a cooperação de defesa entre a Força de Defesa Australiana e os militares indonésios a um nível sem precedentes.

“A Indonésia nunca se preparou para enviar o seu principal ativo de defesa aérea para um país estrangeiro,” disse P. Farrell, que publica a revista Australian & NZ Defender.

“O fato deles estarem enviando os Su-30 para a Austrália indica que Camberra e Jacarta têm visado ampliar e analisar as ameaças muito maiores ao redor dos países”, disse ele, referindo-se a China e Índia.

“Os Sukhoi [Su-30] são os mais secretos ativos aéreos da defesa da Indonésia… isso mostra muita confiança em relação à Austrália, uma década depois que as relações entre as duas forças de defesa foram congeladas devido a Timor Leste.”

A decisão é também um voto de confiança na relação de defesa, depois que a Indonésia expressou preocupação sobre uma instalação operacional conjunta dos fuzileiros navais dos EUA em Darwin.

O porta-voz da Força Aérea da Indonésia, Coronel Agung Sasongko Jati, confirmou ao jornal Herald o plano de enviar os jatos para a Austrália durante o Pitch Black.

Ele disse que a força aérea tem a necessidade de treinar seus pilotos para voar a nova aeronave antes que eles possam ser implantados num exercício conjunto.

A Força Aérea da Indonésia realizou uma recente onda de compras, com a próxima geração de jatos russos construídos pela Sukhoi. A Indonésia já opera 10 jatos Sukhoi Su-27 e quatro jatos Sukhoi Su-30MK2, e anunciou recentemente uma nova encomenda para seis caças Sukhoi Su-30MK2.

Um comunicado conjunto emitido após uma reunião no dia 03 de julho entre o Presidente da Indonésia Susilo Bambang Yudhoyono e a Primeiro-Ministro Australiana Julia Gillard, disse que “a cooperação entre as forças de defesa da Austrália e da Indonésia estão sendo reforçadas a cada dia” e incentivou os membros líderes de defesa de ambos países para “revisar a existente cooperação de segurança”.

A Austrália e a Indonésia estão em negociações para estabelecer um Acordo de Cooperação de Defesa.

Fonte: The Age / National Times

Nenhum comentário:

Postar um comentário