sexta-feira, 13 de julho de 2012

Turquia desmente informação que seu caça F-4 Phantom foi abatido por forças sírias


O General do Estado-Maior das Forças Armadas da Turquia disse nessa sexta-feira que voltou atrás de sua afirmação anterior de que um de seus caças havia sido derrubado no mês passado por forças sírias.

“A verdadeira causa do incidente será estabelecida após a fuselagem do avião ser retirada do fundo do mar”, disse o General do Estado-Maior através de um comunicado. “Não há vestígios de explosivos ou produtos inflamáveis encontrados nos destroços já recuperados do mar.”

De acordo com alguns relatos da imprensa, o jato de combate F-4 Phantom provavelmente caiu devido a um erro humano depois que os pilotos não conseguiram realizar uma manobra evasiva para evitar o míssil sírio.

A Síria insiste que engajou o F-4 Phantom, “de acordo com as leis que regem tais situações” depois que este entrou no seu espaço aéreo. A Turquia disse que o avião estava em espaço aéreo internacional.

O Ministro da Informação da Síria, al-Omran Zoebi, disse que as forças de seu país podem ter confundido o jato turco como sendo israelense.

Fonte: RIA Novosti

Nenhum comentário:

Postar um comentário