quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Austrália oficializa investimento de US$1,5 billhão para adquirir capacidade EA-18G Growler


O Ministro da Defesa da Austrália, Stephen Smith e o Ministro da Defesa de Material Jason Clare, anunciaram hoje, dia 23 de agosto, que o Governo Australiano oficialmente decidiu adquirir o sistema de guerra eletrônica Growler para os seus caças Super Hornet, num custo de cerca de US$ 1,5 bilhão.

Ao adquirir esta capacidade, a Austrália será o único país no mundo, além dos Estados Unidos, a operar aeronaves Growler, um sistema de guerra eletrônica que dá ao Super Hornet a capacidade de interferir nos sistemas eletrônicos de aeronaves e em radares e sistemas de comunicação no solo.

As ameaças eletrônicas são uma parte inerente do combate moderno e o Growler irá fornecer as opções para a Real Força Aérea Australiana (RAAF) realizar as operações de supressão de ameaças eletrônicas em apoio às operações da Força de Defesa Australiana (ADF), incluindo para as forças terrestres e marítimas.

A capacidade Growler também pode realizar missões de inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR).

A Austrália possui 24 caças F/A-18F Super Hornets. O Super Hornet é jato de combate multimissão altamente capaz e comprovado em batalha que atualmente está em serviço com a Marinha dos EUA.

O Growler é uma versão especializada do Super Hornet, e também está atualmente em serviço com a Marinha dos Estados Unidos. 

A aeronave de guerra eletrônica Growler foi utilizada de forma muito eficaz pela Marinha dos Estados Unidos durante as operações aéreas na Líbia no ano passado.


O Livro Branco da Defesa Australiana de 2009 delineou a visão do Governo de que as Forças de Defesa da Austrália iriam requerer recursos adicionais para manter a superioridade aérea no futuro, incluindo a aquisição de uma capacidade de guerra aérea eletrônica.
Em maio de 2009, o Governo anunciou a sua decisão de preparar 12, de suas 24 aeronaves Super Hornets para uma potencial conversão para a configuração Growler. Isso ocorreu a um custo de US$ 35 milhões.

Em março deste ano, o Governo anunciou que, além da decisão de ativar 12 Super Hornets para a conversão potencial para o Growler, o Governo iria gastar quase US$ 20 milhões para compra de equipamentos eletrônicos de ponta para o Growler.

A decisão de comprar este equipamento foi feita para garantir que a Austrália continuasse tendo acesso à tecnologia Growler antes de tomar a decisão de adquiri-la.

O orçamento de maio de 2012 incluiu a aquisição da capacidade Growler, e foi incluído no Plano Público de Capacidade de Defesa lançado em julho deste ano.
O Governo já tomou a decisão de adquirir o sistema de guerra eletrônica Growler para o Super Hornet. Os Growlers estarão disponíveis para operações a partir de 2018.

A compra deste equipamento está sendo feita através do processo de Venda Militar Estrangeira (FMS) dos Estados Unidos.

A estimativa do custo capital total para este projeto é de cerca de US$ 1,5 bilhão. Isto inclui o financiamento para a aquisição dos kits de conversão Growler, equipamento de apoio e sistemas, peças e sistemas de formação e de formação inicial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário