quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Polônia pretende substituir antigos caças Su-22 por drones de combate


O Ministério da Defesa da Polônia estuda a possibilidade de trocar os antigos caças-bombardeiros Su-22 por veículos aéreos não tripulados de combate.

O vice-ministro da Defesa da Polônia, Waldemar Skrzypczak, deu esta informação ao canal TVN24, no programa “Polônia e o Mundo”. Segundo ele, o país planeja comprar 30 novos drones até 2018.

Skrzypczak não precisou o tipo de veículos que planeja ser comprado. Para ele, os aparelhos deverão possuir grande autonomia e amplas possibilidades de ataque. O Ministério da Defesa polonês considera ainda que o emprego de drones de combate será mais eficiente e barato, em comparação com os aviões de combate. Além disto, será muito mais rápido formar operadores de drones.

O jato de combate Sukhoi Su-22, a variante de exportação do Su-17M2 da União Soviética, foi produzido pela primeira vez em 1976, e entrou em serviço na Polônia no final dos anos 1970. Atualmente estão em operação 32 aeronaves, de 110 adquiridas inicialmente.

A Polônia também está considerando a compra de uma aeronave de transporte multifuncional, disse ele, possivelmente de Israel, que tem uma experiência na conversão de aviões civis para uso militar.

Fonte: Voz da Rússia/RIA Novosti

Nenhum comentário:

Postar um comentário