terça-feira, 28 de agosto de 2012

Rússia rejeita acusações de violação do espaço aérea da Finlândia


O Ministério da Defesa russo rejeitou na sexta-feira as acusações sobre uma suposta violação do espaço aéreo finlandês por aeronaves da Rússia e no que se refere aos parâmetros de suas estruturas de controle.

O incidente teria ocorrido na parte oriental do Golfo da Finlândia, disse o serviço de fronteira da Finlândia na sexta-feira. O governo finlandês deu início a uma investigação sobre o incidente.

“Na investigação em andamento queremos saber a rota do avião e a duração da sua estadia no espaço aéreo do país. Os resultados da investigação serão divulgados após a sua conclusão”, informou o serviço de fronteira da Finlândia.

Na véspera, a força de combate aéreo do Distrito Militar Russo do Ocidente não realizaram qualquer voo naquela área, observou o porta-voz da unidade, coronel Andrei Baburin.

Os pontos registrados de voo foram delimitados a área de São Petersburgo, e o pessoal da defesa anti-aérea e de comunicação do primeiro comando destas forças não detectou qualquer desvio interno das aeronaves, disse o porta-voz.

Baburin admitiu que houve apenas dois vôos de aviões de transporte para a realocação planejada de pessoal das forças armadas.

A Rússia tem uma disputa com as nações da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) sobre a implantação do sistema de defesa antimíssil dos EUA na Europa, que levou a reforçar a sua defesa e controle do espaço aéreo, para locais distantes e sem aviso prévio.

Nesta Primavera, o Ministério da Defesa anunciou o início de uma prontidão total de combate de uma bateria de modernos e novos sistemas anti-aéreos S-400 na província de Leningrado, que envolve São Petersburgo.

Fonte: Prensa Latina / Voice of Russia

Nenhum comentário:

Postar um comentário