sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Embraer destaca qualidades do Super Tucano na convenção da Air Force Association


A Embraer Defesa e Segurança demonstrou esta semana, durante a convenção anual da Air Force Association, em Washington, DC, as qualidades e as vantagens do A-29 Super Tucano, aeronave turboélice de baixo custo e experiência comprovada em combate, projetada para cumprir diversas missões de ataque e vigilância. Veja a seguir um vídeo sobre a fabricação do A-29 nos Estados Unidos.

O Super Tucano é uma aeronave projetada para cumprir missões de contra-insurgência e apoio aéreo leve. Recentemente, a Embraer selecionou a Boeing Defense, Space & Security para integrar os armamentos JDAM (Joint Direct Attack Munition ou Munição Conjunta de Ataque Direto) e SDB (Small Diameter Bombs ou Bombas de Pequeno Diâmetro) no A-29, adicionando novas capacidades ao Super Tucano que poderão atender a futuros requisitos de seus clientes. Com experiência comprovada em combate, os armamentos da Boeing fazem parte do arsenal da Força Aérea dos Estados Unidos, da Marinha dos Estados Unidos e de outros 27 clientes militares internacionais.

O excelente desempenho em voo e alto valor agregado do Super Tucano são resultados de vários anos de desenvolvimento tecnológico, inovação e capacidade comprovada. Forças aéreas em vários países já acumularam mais de 157.000 horas de voo em operação no Super Tucano, incluindo 23.000 horas de combate. Mais de 100 empresas norte-americanas, em mais de 20 estados, fornecem peças ou serviços para o Super Tucano.

Informações sobre o Embraer A-29 Super Tucano:


  • Aeronave com linha de montagem em operação, com mais de 180 encomendas e mais de 160 unidades produzidas e entregues;
  • Aeronave operacional que atualmente já desempenha missões de vigilância e combate no mundo todo;
  • Selecionado por 10 clientes em três continentes;
  • Certificado para mais de 130 configurações de armamento;
  • Aviônicos de arquitetura aberta;
  • Oportunidades significativas para novos desenvolvimentos;
  • Custos de operação comprovadamente baixos – 84% de disponibilidade; 99% das missões cumpridas;
  • Cumpre com o Buy American Act: 86% do valor comercial do Super Tucano resulta de componentes fornecidos por companhias norte-americanas ou de países qualificados para o Buy American Act.

Nenhum comentário:

Postar um comentário