segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Bulgária quer finalizar compra de caças em 2014


A Bulgária pretende adquirir oito caças novos ou usados para sua força aérea em 2014, disse o ministro da Defesa Anyu Angelov no dia 26 de outubro.

“Eu vou procurar… na próxima semana, um mandato para as negociações com diferentes países para o fornecimento de novos caças”, disse angelov aos jornalistas durante uma visita a Ribaritsa, no norte da Bulgária. “Nosso objetivo é a aquisição de oito caças, mas eles também podem se tornar nove, dependendo do preço.”

O ministro disse que espera encerrar as negociações até o final do ano e, em seguida, buscar a aprovação do gabinete e do Parlamento para um acordo estimado de US$ 400 milhões (309 milhões de euros), a ser concluído em 2014.

A Bulgária poderá iniciar preliminarmente o treinamento de pilotos de jato no mesmo ano, com o objetivo de começar a voar a nova aeronave no final de 2014 ou início de 2015, disse Angelov.

O Ministério da Defesa já manteve conversas preliminares sobre a possibilidade de aquisição de caças de segunda mão da Holanda, Portugal, Estados Unidos e Alemanha e tem planos para também se reunir com a Bélgica, Noruega e Itália, disse o ministro.

Angelov descartou a compra de jatos de defesa da europeia EADS ou da gigante empresa americana Lockheed Martin devido a restrições financeiras.

Mas ele disse que havia uma possibilidade de compra de caças Gripen da Suécia.

“A possibilidade de comprar novos jatos Gripen ainda está de pé, no entanto será revista em pé de igualdade com o resto das ofertas de segunda mão”, o ministro observou.

A aquisição de novos caças multimissão para a Força Aérea da Bulgária até agora tem sido adiada devido a graves restrições financeiras.

Fonte: DefenseNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário