quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Emirados Árabes Unidos mantém suspensas as negociações para compra de caças Rafale


O governo dos Emirados Árabes Unidos suspendeu as negociações com a França para compra de caças Rafale, fabricados pela empresa aeroespacial francesa Dassault Aviation, informou o jornal francês Le Parisien, citando o ministro da Defesa da França, Jean-Yves Le Drian.

“Eu não estou indo para os Emirados Árabes Unidos para disutir sobre os Rafales. Os Rafales vão ter que esperar. Esta discussão virá depois,” disse Le Drian, segundo o jornal. O ministro viajou para os Emirados Árabes Unidos na semana passada.

Ele disse que o país do Golfo decidiu reduzir a parcela de seus gastos militares em equipamentos franceses para 10% a partir de um nível anterior de 70%, informou o Le Parisien. A renovação da frota da força aérea dos Emirados Árabes Unidos está avaliada em cerca de 10 bilhões de euros (US$ 12,9 bilhões), segundo o jornal.

No ano passado, o antecessor do Le Drian, Gerard Longuet, disse que havia uma grande probabilidade de que a França poderia vender até 60 Rafales para os Emirados Árabes Unidos. A Dassault, que fornece a força aérea francesa seus caças Rafale, ainda não encontrou um cliente fora da França.

Fonte: Dow Jones

Nenhum comentário:

Postar um comentário