quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Exército dos EUA designa o helicóptero AH-64D Block III como AH-64E


O Exército dos EUA tem agendada uma conferência de imprensa para essa quarta-feira quando vai anunciar que a partir desse dia, a versão Block III do helicóptero de ataque AH-64D Apache Longbow será designado AH-64E. Oficiais do programa farão o anúncio na reunião anual deste ano da Associação do Exército dos Estados Unidos, a maior reunião anual dos líderes do serviço de funcionários da indústria.

O Exército decidiu mudar o AH-64D Bloco III para AH-64E após o Conselho de Aquisição de Defesa, um alto comitê do Pentágono ter aprovado a produção em taxa plena em agosto. O Exército dos EUA, que planeja comprar até 690 helicópteros AH-64Es, decidiu que a nova designação está justificada porque o em breve modelo “Echo” do Apache tem uma capacidade muito maior do que os AH-64D Block I e Block II que está substituindo, a primeira versão das quais entrou em serviço em 1997.

O AH-64E, que teve a primeira unidade lançada no ano passado, tem um motor mais potente e um rotor composto que permite voar melhor e cerca de 25 nós mais rápido que o Bloco II. A Boeing também melhorou os aviônicos com uma arquitetura aberta que irá facilitar o caminho para futuras melhorias. O helicóptero também tem a capacidade opcional para controlar os sensores e o voo de uma aeronave não tripulada.

Ainda é muito cedo para dizer como o Talibã vai apelidar o AH-64E ou se os insurgentes vão achar que é mais assustador do que o AH-64D Block II, cuja tripulação pode alvejar e matar os inimigos a quilômetros de distância, de dia ou noite, usando um canhão de 30 milímetros que pode disparar 640 tiros por minuto, mísseis Hellfire e uma variedade de foguetes Hydra 70 de 2,75 polegadas guiados por radar ou não. Uma comunicação por rádio interceptada durante um tiroteio no Afeganistão no ano passado revelou que o Talibã chama o AH-64D Block II de “O Monstro”.

Fonte: AOL Defense

Nenhum comentário:

Postar um comentário