terça-feira, 30 de outubro de 2012

Primeiros helicópteros Ka-52K para os navios Mistral da Rússia serão fabricados em 2013


A Marinha Russa vai receber em 2013 o primeiro lote de helicópteros de ataque Kamov Ka-52K para os navios danfíbios de assalto da classe Mistral, disse o projetista chefe da Kamov Sergei Mikheyev.

“A primeira série de helicópteros Ka-52K serão montados em 2013″, disse Mikheyev na segunda-feira. “Até o momento,o primeiro Mistral deve entrar em serviço em 2014, e estamos prontos para fabricar os helicópteros, assim como muitos que o Ministério da Defesa solicitar.”

Os protótipos da versão naval do helicóptero de ataque Ka-52 Alligator estão em construção na fábrica em Progress, no Extremo Oriente da Rússia, disse ele.

A variante naval contará com uma versão modificada do radar com antena faseada Zhuk-Um, poderá dobrar as pás do rotor e possui tratamento anti-corrosão na fuselagem e nos sistemas de bordo, o que é necessário para qualquer helicóptero projetado para operar a partir de um navio.

O Ka-52K declaradamente vai ser capaz de lançar mísseis anti-navio.

A Rússia e a França assinaram em jungo de 2011 um contrato de US$ 1,2 bilhão para dois navios da classe Mistral construídos pelos franceses, incluindo a transferência de tecnologia sensível. Mais dois navios deverão ser construídos 80% na Rússia e 20% na França.

Um navio da classe Mistral é capaz de transportar 16 helicópteros, quatro embarcações de desembarque, 70 veículos blindados e 450 pessoas.

Uma ala aérea a bordo de um navio de guerra Mistral deverá ser composta de oito Ka-52Ks e oito helicópteros de transporte Ka-29/31 Helix.

Esse último foi originalmente concebido para a Marinha soviética e não requer alterações de concepção ou de modernização, tornando sua adaptação para os navios da classe Mistral menos demorada e cara, disse Mikheyev.

Os navios Mistral “Vladivostok” e “Sevastopol” fabricados na França estão planejados para entrar em serviço com a Frota do Pacífico da Rússia em 2014-2015.

Fonte: RIA Novosti

Nenhum comentário:

Postar um comentário