sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Caças Gripen da Hungria vão assumir em breve o policiamento aéreo dos países Bálticos


Sob os termos de um acordo com a OTAN, as aeronaves de combate Gripen da Força Aérea Húngara irão realizar num futuro próximo o policiamento aéreo sobre a Eslovênia e os Estados do Báltico, disse o ministro da Defesa Csaba Hende, durante um anúncio realizado num evento em Miskolc na terça, dia 13 de novembro.

O Ministro da Defesa disse que em breve os Gripens da Hungria vão realizar o policiamento do espaço aéreo da Eslovênia, pois eles devem participar do Policiamento Aéreo do Báltico entre 2015 e 2018.

Já que a Eslovênia, Estônia, Lituânia e Letônia não tem forças aéreas, na sua adesão à OTAN, foi decidido que, em vez do oneroso desenvolvimento das forças aéreas e compras de aeronaves, a Eslovênia e os Estados Bálticos se concentraria em outras unidades de suas forças armadas e declará-los à Aliança do Atlântico Norte.

Como os espaços aéreos desses estados deve também ser defendido e protegido, essa tarefa será realizada por aeronaves da Força Aérea Húngara, dentre outras forças aéreas da OTAN, disse o Ministro Hende.

Fonte: Ministério de Defesa da Hungria

Nenhum comentário:

Postar um comentário