sexta-feira, 16 de novembro de 2012

China retoma negociações com a Rússia para compra de caças Su-35


A China retomou as negociações com a Rússia sobre a compra de caças multifunção Sukhoi Su-35 de “geração 4++”. Embora Moscou e Pequim estivessem discutindo um acordo há mais de dois anos, a China suspendeu o processo por vários meses após detalhes sobre as negociações aparecerem na mídia russa.

Uma grande delegação russa se reuniu com representantes chineses na véspera do Zhuhai Air Show na China para fazer uma apresentação adicional sobre o Su-35. O presidente da United Aircraft, Mikhail Pogosyan e o comandante da Força Aérea da Rússia General Viktor Bondarev estiveram entre os membros da delegação russa.

Comentando sobre a retomada do processo de negociação do Su-35, um membro do alto escalão da delegação russa disse que o progresso está relativamente lento, já que a próxima geração de projetos de combate chineses levou Pequim a procurar maneiras de comprar uma quantidade dos melhores caças russos para preencher a lacuna.

Hoje, o Su-35 é o mais avançado caça pesado multimissão russo disponível para vendas de exportação. O mais recente PAK-FA (T-50) não é considerado suficientemente maduro para ser oferecido a China. A Rússia está trabalhando com a Índia no personalizado FGFA, mas este é um programa de co-desenvolvimento – um arranjo não disponível para a China.

Moscou está pronto para vender a China uma quantidade de caças Su-35 desde que Pequim coloque uma ordem de valor, “não apenas um par de espécimes para engenharia reversa”, disse um membro da delegação russa. Em particular, a Rússia está pronta para vender à China um número substancial de radares de terceira geração NIIP Irbis com antenas de varredura eletrônica passiva e motores NPO Saturn 117S como parte de uma aspiração para compra dos Su-35.

Fonte: Flightglobal

Nenhum comentário:

Postar um comentário