quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Força Aérea Brasileira adquire sistema de gestão de comunicação da ORBIT para os aviões P-95


A ORBIT Communication Systems Ltd, uma subsidiária da ORBIT Technologies Ltd, anunciou hoje que recebeu uma encomenda da Força Aérea Brasileira (FAB) para fornecer um sistema de comunicação a ser instalado a bordo do avião de patrulha marítima P-95.

A patrulha e vigilância marítima é um dos mercados de mais rápido crescimento de defesa, com os países procurando uma gama de tecnologias para melhorar a sua capacidade de monitoramento do tráfego em águas territoriais e assegurando as plataformas offshore, portos e outras instalações marítimas sob ameaças.

A FAB exigiu um sistema de comunicação avançado em voo capaz de atender a desafios únicos de missões de patrulha marítima, incluindo comunicações seguras e de apoio para grandes tripulações. Após a realização de uma avaliação completa de várias soluções alternativas, a FAB selecionou o Sistema Digital de Gestão Embarcada da ORBIT (ADAMS – Airborne Digital Management Systems) com base no seu desempenho, comprovado e elevado, bem como no seu custo-eficácia.

O ADAMS é um seguro sistema de comunicação de alto desempenho, projetado para atender às necessidades complexas de aeronaves com grandes tripulações como aviões comerciais, de transporte, aviões-tanques e aplicações de missão. Este sistema modular COTS suporta até 20 usuários em plena capacidade, 8 usuários apenas para intercomunicação, 16 rádios e 31 receptores, 6 saídas de gravação, linhas discretas e várias redes internas de intercomunicação.

“Estamos honrados que a Força Aérea Brasileira tenha optado por instalar os nossos Sistemas de Gestão da Comunicação para apoiar suas operações de missão crítica de patrulha marítima. Vemos nisso uma forte validação da qualidade e da adequação de nossos sistemas para lidar com as complexas exigências de aplicações de patrulha marítima”, disse Ofer Greenberger, CEO da ORBIT Communication Systems Ltd. “Este é um dos vários pedidos recentes de clientes brasileiros, refletindo os esforços e recursos que continuamos a investir neste mercado estratégico regional”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário