quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Força Aérea dos EUA recebe o primeiro HC-130J Combat King II preparado para combate


Fazendo a sua estreia na Força Aérea dos EUA, o primeiro HC-130J Combat King II “pronto para combate” pousou no dia 15 de novembro na Base Aérea de Davis-Monthan, Arizona, sendo a peça central de uma cerimônia presidida pelo coronel Jason Hanover, comandante do 563° Grupo de Resgate.

O 563° Grupo de Resgate dirige as operações de voo para a única ala da ativa da USAF dedicada somente as operações de busca e resgate em combate. O novo avião HC-130J substitui o HC-130P, uma aeronave de 1960, que estava atualmente em uso pelo 79° Esquadrão de Resgate.

O novo avião foi recebido por uma formação de 21 militares da Força Aérea dos EUA que, após a chegada do HC-130J, saudaram a aeronave enquanto uma multidão esperava para participar da cerimônia.

“Esta aeronave, significa uma capacidade maior de sobrevivência para os nossos HH-60 e nossos anjos da guarda”, disse Hanover, referindo-se à equipe de aviadores e profissionais de pararesgate que servem sob o lema “para que outros possam viver” e estamos prontos para missões implantadas em qualquer momento em qualquer lugar em todo o mundo. Os helicópteros HH-60 são capazes de fornecer um moderno e completo atendimento médico no local da queda enquanto em rota para um hospital distante.
“Isso significa uma maior eficácia e velocidade para chegar ao nosso pessoal isolado, que precisa de cuidados, de salvamento médico e apoio”, disse Hanover. “É uma variante C-130, mas as diferenças tornam o HC-130J uma aeronave totalmente diferente. Gostaria que pudéssemos dar-lhe um número diferente, porque é tão radicalmente avançado.”

Davis-Monthan tem a honra de receber o primeiro modelo J pronto para combate por causa do marco significativo que representa para a comunidade de resgate da Força Aérea dos EUA.

As atualizações presentes no HC-130J que o tornam tão avançado incluem aprimorados sistemas de navegação, detecção de ameaças e de contramedidas. A frota de aeronaves tem um sistema de navegação inercial e de posicionamento global totalmente integrado, e uma iluminação interior e exterior que está compatível com óculos de visão noturna. Ele também tem radar, visor frontal infravermelho, receptores de alerta de mísseis, dispensadores de chaff e flare, comunicação por satélite e link de dados, além de capacidade para receber combustível em voo através da instalação de um receptáculo de reabastecimento aéreo universal.

“Esta aeronave nos permite atualizar nossa força de resgate pessoal”, disse o sargento Derek Ruud, chefe de equipe do 923° Esquadrão de Manutenção de Aeronaves. “Nós vamos ter melhores capacidades que nos permitem realizar a nossa missão mais rapidamente e mais eficazmente.”

Com a Base de Davis-Monthan recebendo os novos HC-130Js, a capacidade de missão do 79° Esquadrão de Resgate vai melhorar.

“Nós vamos ser capazes de poder ser implantado a qualquer hora, em qualquer lugar e fornecer uma cobertura de 24 horas”, disse Ruud. “O C-130 que tínhamos antes eram de 1960, portanto, teríamos problemas com quebras. Nós não vamos ter essa questão agora. Nós vamos ser capazes de lançar o avião mais rápido.”

Texto: Senior Airman Michael Washburn / 355th Fighter Wing Public Affairs

Nenhum comentário:

Postar um comentário