sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Militares suecos precisam pelo menos 60 novos caças Gripen


A Suécia precisa no futuro de pelo menos 60 aviões de combate Gripen, disse o Comandante Supremo das Forças Armadas Suecas, Sverker Göransson, numa audiência parlamentar ocorrida hoje.

“A Suécia precisa de 60-80 aviões de caça para atender o cenário de ameaça técnica e operacional”, disse o Comandante Supremo das Forças Armadas Sverker Goranson.

O governo pediu um mandato parlamentar para comprar 40-60 aviões.

As forças armadas não poderiam fornecer detalhes do quais iniciativas são necessárias e o que custaria se o número de Super-Jas, o chamado modelo E do Gripen JAS-39, chegar a 60.

O primeiro avião Super-Jas feito pela Saab Aerospace deverá estar operacional a partir de 2023 e será usado até 2042. O Secretário de Estado do Ministério da Defesa da Suécia Carl von der Esch, disse que o custo total anual para o sistema está estimado em 3 bilhões de coroas suecas (cerca de US$ 445 milhões) partir do próximo ano, ou seja, um total de 90 bilhões de coroas suecas (cerca de US$ 13,2 bilhões).

O parlamento vai decidir em dezembro se deve permitir que o Governo encomende entre 40-60 aviões.

Fonte: Radio Sweden

Nenhum comentário:

Postar um comentário