terça-feira, 27 de novembro de 2012

OPEN SKIES: Militares russos fazem voo de observação sobre os EUA, e norte americanos voam sobre a Rússia


O Ministério de Defesa russo informou nessa segunda-feira que inspetores russos e norte americanos vão realizar voos de observação sobre os dois países nessa semana, como parte do Tratado Internacional de Céus Abertos (Open Skies). Uma aeronave Tupolev Tu-154M/LK-1 com inspetores russos vai sobrevoar o território norte americano, e um Boeing OC-135B vai sobrevoar a Rússia, entre os dias 26 de novembro e 3 de dezembro..

As duas aeronaves foram especialmente equipadas com sistemas de observação que receberam a certificação internacional necessária, na qual também participaram inspetores dos dois países. As rotas foram aprovadas e serão acompanhadas por especialistas dos países sedes.

Durante o voo, os especialistas russos, juntamente com seus colegas norte-americanos, irão monitorar o uso de dispositivos de vigilância em conformidade com os acordos estabelecidos.

A aeronave russa Tu-154 vai operar a partir da Base Aérea de Travis, na Califórnia, e será a missão de número 36 que a Rússia cumprirá sobre os territórios dos países signatários do Tratado de Céus Abertos.

O Tratado Open Skies foi assinado em 1992, em Helsinque, por iniciativa do presidente dos EUA George H.W. Bush, que estabeleceu um regime de voos de observação aérea com aeronaves desarmadas sobre os territórios de seus Estados membros, para promover a abertura e a transparência das atividades das forças militares.

O tratado entrou em vigor no dia 1° de janeiro de 2002, e seu regime abrange os territórios nacionais (terra, ilhas, águas interiores e territoriais) de todos os 34 Estados signatários do tratado. É um elemento importante da estrutura de segurança europeia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário