quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Rússia teria concordado em vender 24 caças Su-35 para China


A Rosoboronexport e o Ministério da Defesa teriam dito que concordaram em fornecer para China 24 caças russos Sukhoi Su-35, disse na terça-feira, dia 20 de novembro, o jornal “Vedomosti”, citando uma fonte próxima à liderança do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar (FSMTC), e gerente da empresa que produz peças das aeronaves.

Segundo o jornal, mais negociação dos termos de entrega poderão ocorrer durante a visita do Ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, para a China no final de novembro. O próprio contrato pode ser assinado no próximo ano ou em 2014. As entregas também podem começar depois de 2015. O custo estimado do contrato será de aproximadamente 1,5 bilhão de dólares. Representantes da Rosoboronexport e da empresa Sukhoi não confirmaram a informação do Vedomosti.

Em março de 2012, a fonte do Kommersant, junto ao complexo militar-industrial russo (MIC) argumentou que a Rússia havia convencido a China a comprar 48 aeronaves. Mais tarde, foi relatado que um acordo bilateral sobre a quantidade de entregas das aeronaves havia falhado.

A China, por sua vez, tem buscado adquirir da Rússia apenas quatro caças Su-35. Mas o lado de vendas da Rússia tem dito que essa quantidade é inútil, em parte por causa de temores de que a China irá copiar os caças. Em 2004, Pequim tinha violado um acordo com Moscou sobre a produção sob licença de 200 caças Su-27. Com a liberação de apenas 105 aviões, a China passou a construir seus clones – os caças J-11.

Embora o número de venda de 24 caças para China não seja suficiente para coibir uma cópia chinesa nos próximos anos, o valor da transação indica que a Rússia estaria oferecendo uma versão básica da aeronave multimissão, dificultando um pouco mais o trabalho de engenharia reversa dos chineses.

O caça multi-missão Su-35 é uma modernização profunda do Su-27 e pertence a uma geração 4++. O avião tem uma velocidade máxima de até 2,5 mil quilômetros por hora e possui um alcance de 3.400 quilômetros. O raio de combate do Su-35 atinge 1.600 km. O caça Su-35 possui um canhão de 30 mm, além de mísseis e bombas de diversos tipos que podem ser montados em 12 pontos fixos.

A Força Aérea da Rússia deve receber 48 caças Su-35 até 2015. A Sukhoi esteve presente no Zhuhai Air Show na China realizado no começo do mês, e em 2014 está previsto a ida do caça Su-35 para demonstração no evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário