quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Turquia vai iniciar em 2013 a produção em série do helicóptero de ataque T-129 que vai competir na Coreia do Sul


O Primeiro-Ministro turco Recep Tayyip Erdogan disse que a indústria de defesa turca vai começar a produzir em série os helicópteros de ataque T-129 no próximo ano, como parte do programa nacional turco para ampliar a produção nacional de equipamentos militares.

“Atualmente a Turquia atende 54 por cento das necessidades do sistema de defesa do país”, disse Erdogan numa reportagem no canal de TV TRT Haber. “Nosso objetivo é de totalmente atender a defesa com produtos fabricados no país.” Erdogan acrescentou que a Turquia pretende incluir a fabricação de navios de guerra.

A Turquia já exportou veículos blindados, sistemas de defesa aérea, sistemas de mísseis, navios de guerra e helicópteros leves, uma tendência que viu suas exportações da indústria de defesa quadriplicarem.

A Turkish Aerospace Industries é a principal contratada para o helicóptero de ataque T-129, com a Aselsan e a AgustaWestland NV como subcontratadas, através de um acordo de colaboração onde a TAI detém os direitos de propriedade intelectual para a nova configuração junto com a AgustaWestland NV.

A TAI também vai se tornar a única fonte para a produção da fuselagem do T-129, incluindo a montagem final e operações de voo, e será responsável pela comercialização dos “helicópteros de ataque T-129″ para a exportação.

Numa outra notícia divulgada no mesmo dia pela agência de notícia Anatolia, a Coreia do Sul aprovou a participação do helicóptero de ataque turco T-129 ATAK na competição para 36 novos helicópteros para os militares sul coreanos, competindo com o Bell Cobra e o Boeing Apache dos EUA.

A aprovação do helicóptero turco ocorreu depois de três semanas de exames e ensaios feitos pelos sul-coreanos na Turquia.

A Turquia oferece ao sul coreanos uma participação na fabricação dos helicópteros T-129 ATAKs. Até o momento, somente o exército turco encomendou o T-129 ATAK, num pedido total de 59 helicópteros.

O primeiro vôo de teste do protótipo ATAK foi realizada no dia 17 de agosto de 2011, e mais três protótipos na Itália e dois protótipos na Turquia estão atualmente passando pelo processo de testes.

Fonte: UPI e Anatolia News Agency

Nenhum comentário:

Postar um comentário