segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Lockheed Martin recebe contrato para integrar JASSM nos caças F/A-18 Hornet da Força Aérea da Finlândia


A Lockheed Martin recebeu um contrato de US$ 5,1 milhões da Força Aérea dos EUA, através do canal de Vendas Militares Estrangeiras (FMS), para apoiar a integração do JASSM (Joint Air-to-Surface Standoff Missile) para as aeronaves F-18C/D Hornets da Força Aérea da Finlândia.

O contrato é para a primeira fase de um esforço de seis anos de desenvolvimento de software e suporte à integração nas aeronaves. Assinaturas de contratos adicionais são esperadas para as fases restantes de apoio à integração, aquisição de mísseis e de apoio pós-produção. A Finlândia é o segundo cliente internacional para o JASSM, seguindo o governo australiano, que se tornou o primeiro cliente de exportação em fevereiro de 2006.

“O JASSM desempenha um papel fundamental ao oferecer para os aliados militares a flexibilidade operacional, confiabilidade e eficácia necessárias para completar as suas missões”, disse Alan Jackson, diretor da divisão de sistemas de mísseis de ataque e de controle de armas da Lockheed Martin. “A equipe tem trabalhado duro para ser capaz de entregar essa capacidade vital e acessível aos nossos parceiros aliados.”

A integração JASSM vai coincidir com o programa de atualização MLU 2 (Mid-Life Update) das aeronaves F-18 da Força Aérea da Finlândia. A Marinha dos EUA vai liderar o esforço de integração em coordenação com a Força Aérea dos EUA, Lockheed Martin e da Força Aérea da Finlândia. As atividades de integração vão ocorrer na Divisão de Armas do Centro de Guerra Aérea Naval em China Lake, na Califórnia

O contrato está alinhado com o recente contrato de produção do Lote 10 de JASSM usando economias de escala, redução de custos, tanto para o Governo dos EUA como da Finlândia. O JASSM integrado nos jatos
F-18C/D permite que a Finlândia possa cumprir o seu papel de defesa regional, bem como com a comunidade europeia e na parceria com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) nas missões de responsabilidade de paz.

A assinatura do contrato ocorre após vários últimos feitos do programa JASSM, incluindo a assinatura do contrato do Lote 10, a certificação do JASSM com os F/A-18F Super Hornet da Real Força Aérea Australiana (RAAF) e integração bem sucedida nos F-15E Strike Eagle da Força Aérea dos EUA.

O JASSM está integrado nas aeronaves B-1, B-2, B-52, F-16 e F-15E da USAF e nos Super Hornets australianos. Esforços futuros de integração incidirão sobre as versões americanas e internacionais do Lockheed Martin F-35 Lightning II e outras plataformas internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário