sábado, 29 de dezembro de 2012

Rússia e Índia selam acordo de US$ 2,9 bi para 71 helicópteros Mi-17 e 42 caças Su-30MKI


Conforme previsto e informado aqui anteriormente, a Rússia e a Índia assinaram dois contratos na área da cooperação técnico-militar (o valor total dos contratos está avaliado em US$ 2,9 bilhões). Conforme nota da agência de notícias russa RIA Novosti, os principais acordos assinados são para o fornecimento para Índia de 71 helicópteros Mi-17V-5 (valor total de US$ 1,3 bilhão), para 42 kits de montagem licenciada de caças Su-30MKI (valor total de US$ 1,6 bilhão).

Além disso, um acordo sobre o estabelecimento da joint venture entre a Companhia Russian Helicopters Holding e a Elcom Systems Private Limited foi assinado durante o encontro russo-indiano. Um memorando de entendimento entre a FarmEco e Elder Pharmaceuticals (Índia) também foi assinado juntamente com um acordo de parceria estratégica entre a NIS e a Tata Consulting Services.

A cooperação técnico-militar é uma das áreas mais avançadas das relações russo-indianas. Atualmente, além dos contratos de operação na entrega de armas e munições produzidas na Rússia, as partes concordaram em co-produção de produtos para fins militares.

Um dos projetos mais importantes nesta área é o desenvolvimento do caça de quinta geração T-50 (PAK FA). De acordo com o Ministério da Defesa, a produção de sua versão de exportação será lançado em 2020.

No entanto, a interação dos países na área da cooperação técnico-militar não transcorre sempre sem problemas. Um dos exemplos é o projeto demorado de atualização do porta-aviões Almirante Gorshkov. Espera-se que este problema seja discutido no âmbito de uma reunião em Nova Deli. De acordo com o United Shipbuilding Corporation, o navio será entregue à Índia até o final de 2013. O navio deveria ter sido entregue no final de 2008 e seu orçamento até o momento mais que dobrou.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou anteriormente que o plano de entregas de exportação de bens militares foi cumprido de sobre maneira este ano (o volume total de entregas ultrapassou os US$ 14 bilhões). O plano do Serviço Federal para a Cooperação Técnico-Militar em 2012 previa o volume total de exportações de US$ 13,5 bilhões.

Como referência, o volume total das exportações de armas russas e equipamento militar foi de US$ 13,2 bilhões em 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário