terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Hawaiian Airlines assina intenção de compra para 16 novas aeronaves Airbus A321neo


A Hawaiian Airlines anunciou hoje a assinatura de um Memorando de Entendimento com a fabricante Airbus para adquirir 16 novas aeronaves A321neo entre 2017 e 2020, com direitos de compra de nove aviões adicionais. A longo prazo, as aeronaves de corredor único irão complementar a existente frota de aeronaves widebodies da Hawaiian, utilizadas para vôos de longa distância entre o Havaí e a Costa Oeste dos EUA.

“Todos na Hawaiian querem manter a posição como líder de mercado em termos de qualidade de serviço, eficiência de custos e escolha de destinos. Encomendar o A321neo irá garantir esse legado nas rotas para a Costa Oeste dos EUA além da metade desta década”, disse Mark Dunkerley , presidente e CEO da Hawaiian Airlines. “O A321neo será a aeronave mais eficiente em termos de combustível do seu tipo depois de sua introdução em 2016. Com seu tamanho um pouco menor, seremos capazes de abrir novos mercados que não são viáveis ??para o serviço com widebodies, além de ser capaz de aumentar o serviço nas rotas existentes para a costa oeste da América do Norte.”

O A321neo terá capacidade para aproximadamente 190 passageiros numa configuração de duas classes (primeira e econômica) e tem um alcance de 3.650 milhas náuticas. A aeronave oferecerá os assentos mais largos e confortáveis encontrados nos A330 da Airbus de corredor duplo. Os termos do acordo não foram divulgados, no entanto, a aeronave tem um valor de tabela que no total chega a aproximadamente US$ 2,8 bilhões se todos os direitos de compra forem exercidos.

As novas aquisições também dependem de assinatura de novos acordos da Hawaiian com seus sindicatos de pilotos e comissários cobrindo a operação do novo modelo de aeronave. Se novos acordos forem alcançados, a expansão da frota deve gerar cerca de 1.000 empregos adicionais na Hawaiian.

“Este é um investimento significativo no futuro da Hawaiian e do Havaí. Nossa economia e empregos locais baseados no turismo irá se beneficiar à medida que continuamos nossa estratégia de diversificar o nosso negócio, melhorando a eficiência de nossa operação”, comentou Dunkerley.

“Chegamos a pensar na Hawaiian Airlines como ‘ohana’ (família) e estamos muito satisfeitos de adicionar ainda um outro ramo para a nossa árvore com esta expansão pendente da frota Airbus da Hawaiian”, disse John Leahy, COO da Airbus para Clientes. “A Hawaiian tem obtido grandes resultados com seus A330. Todos os passageiros, funcionários e contadores da companhia aérea reconhecem as vantagens dos aviões Airbus, e agora eles vão se beneficiar ainda mais, voando a mais popular família de aeronaves de corredor único.”

A Hawaiian opera atualmente uma frota de 43 aeronaves, composta por 25 aeronaves widebodies de longo alcance (Airbus A330-200 de 294 lugares e Boeing 767-300ER de 264 assentos), e 18 Boeing 717-200 de 123 assentos para voos para as ilhas vizinhas.

Dentre as encomendas existentes da Hawaiian incluem adicionais 13 novos A330 entre 2013 e 2015, e seis aeronaves de longo alcance A350XWB-800, a partir de 2017. A atual frota de 16 Boeing 767 vai ser eliminada gradualmente ao longo dos próximos 10 anos.

No ano que completa 84 anos de serviço contínuo, a Hawaiian é a maior e mais antiga companhia aérea do Havaí, bem como a maior provedora de serviço de transporte aéreo de passageiros a partir de seus mercados primários de visitantes da parte continental dos EUA. A Hawaiian oferece vôos diretos para o Havaí a partir de mais cidades de passagem dos EUA (11) do que qualquer outra companhia aérea, juntamente com os serviços para Japão, Coréia do Sul, Filipinas, Austrália, Samoa Americana, e Tahiti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário