domingo, 31 de março de 2013

Acidente com jato de treinamento Su-27UBK da Força Aérea da China


Na tarde desse domingo, dia 31 de março, uma aeronave biplace Su-27UBK (J-11) da Força Aérea chinesa (PLAAF – Força Aérea do Exército de Libertação Popular) caiu na província de Shandong. Os dois tripulantes que realizavam um voo de treinamento morreram na queda da aeronave. O local da queda é uma faixa de areia próximo da praia, que possivelmente foi utilizada como local para um pouso de emergência.

De acordo com uma das fotos, é possível ver que a aeronave estava sem o canopi após a queda, possivelmente pelo motivo dos tripulantes terem ejetado, mas as informações divulgadas em diversas fontes chinesas são que os pilotos não teriam sobrevivido.

As aeronaves Su-27UBK são usadas intensivamente na China para treinamento de pilotos de caças. A China adquiriu um total de 40 jatos Su-27UBKs da Rússia desde 1992. O último lote foi entregue para PLAAF em 2000, para acelerar o treinamento dos pilotos.

Após receber as primeiras unidades, a China iniciou em 1996 a produção de caças Su-27, desenvolvendo pelo menos quatro versões com uso de partes e sistemas chineses. O modelo J-11BS de dois assentos já está sendo para a força aérea, e deve substituir todos caças Su-27UBK.

Nenhum comentário:

Postar um comentário