sábado, 23 de março de 2013


Foi divulgado que que o Chile vendeu seus doze F-5 Tiger III para a FAU (Fuerza Aerea Uruguaya) e que essa venda possibilitaria ao Chile adquirir novos F-16, na qual a Dinamarca colocou à venda há alguns dias.

Os acertos entre os países teriam ocorrido durante a visita de uma delegação da FACh e participação desta no centenário da FAU, aonde os contatos que foram feitos para a transferência de até 12 F-5 Tiger III para a Força Aérea Uruguaia.

A FACh levou um grupo de F-5 Tiger III (que incluiu um F-5F), acompanhada por um KC-135 para dois REVOs no voo de 1300 milhas até Montevidéu. Segundo informes o valor para aquisição das 12 unidades seria algo em torno de US$ 80 milhões.

A FAU estaria em processo de seleção de uma aeronave interceptadora para complementar os radares Lanza 3D, já que atualmente só tem A-37B Dragonfly e IA-58 Pucará (apoiados por PC-7U), de ataque ao solo e não têm os recursos necessários para uma interceptação rápida, ainda mais com aviões desprovidos de radar a bordo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário