sábado, 23 de março de 2013

Saab recebe da FMV segundo pedido de desenvovimento para o Gripen E


A empresa de defesa e segurança Saab tem, no âmbito do acordo com a Administração de Material de Defesa da Suécia (FMV), que foi divulgado publicamente no dia 15 de fevereiro de 2013, recebeu um pedido de desenvolvimento avaliado em SEK 10,7 bilhões (US$ 1,47 bilhão) para trabalhos entre 2015-2023, e que inclui o desenvolvimento e modificação do Gripen E para Suécia durante o período de 2013-2026, bem como uma possível encomenda para uma nova produção de 22 caças Gripen E para a Suíça.

A FMV encomendou hoje o trabalho de desenvolvimento restante do Gripen E correspondente a SEK 10,7 bilhões. A nova encomenda inclui a definição e desenvolvimento, bem como a adaptação de teste e experimentação de equipamentos, simuladores e plataformas.

O valor total dos possíveis pedidos no âmbito do acordo equivalem a um total de SEK 47,2 bilhões (US$ 7,27 bilhões), dos quais SEK 13,2 bilhões (US$ 2 bilhões) já foram recebidos, e estes serão agendados quando cada pedido for recebido. As encomendas restantes dentro do acordo estão esperadas para 2013-2014.

“Esta é uma forma estrategicamente importante e de grande importância, tanto para a Saab como empresa como para o Gripen como um sistema. O Gripen é um dos sistemas de aeronaves de combate mais modernas e por este motivo, com o desenvolvimento e o pedido de modificação esperado da Suécia, temos uma forte vantagem competitiva quando agora aumentarmos os nossos esforços no mercado de exportação”, diz o presidente e CEO da Saab Hakan Buskhe.

O sistema Gripen é um sistema único de aeronaves de combate com alta capacidade de defesa. O sistema é usado hoje por cinco países e também pela força aérea britânica para fins de treinamento.

“Agora temos pedidos da FMV para o pleno desenvolvimento do Gripen E, o que torna possível para nós, FMV e nossos parceiros trabalharmos de forma muito rentável. Em nossos programas civis, no projeto Neuron e no programa Gripen Demo temos sistematicamente e passo a passo desenvolvido e testado uma metodologia para o desenvolvimento de sistemas de aeronaves, tornando-nos excepcionalmente eficazes em nossa indústria em nível global”, diz Lennart Sindahl, Chefe de negócio da Saab na área da Aeronáutica.

Como tornado público no dia 15 de fevereiro de 2013, outras partes do acordo com a FMV incluem: possíveis ordens de modificação de 60 caças Gripen C para o padrão Gripen E para Suécia, com as primeiras entregas para a Suécia em 2018; suporte e manutenção específica de equipamentos de missão para o Gripen E para a Suécia com entregas iniciais em 2018, e; entrega de 22 novos Gripen E e equipamentos relacionados para a Suíça, se o país decidir adquirir o Gripen E.

O acordo inclui direitos condicionais da FMV para certos pré-requisitos – para total ou parcialmente fazer cancelamentos. Se assim for, a Saab tem o direito a uma indemnização por custos incorridos e os custos para a interrupção. O acordo também inclui seções que regulam as condições se a Suíça decidir não adquirir o Gripen E.

Nenhum comentário:

Postar um comentário