segunda-feira, 29 de julho de 2013

Força Aérea Indiana quer mais treinadores PC-7 Mark II

O chefe da Força Aérea Indiana, Marechal do Ar NAK Browne, solicitou ao ministro da Defesa, AK Antony, a compra de mais 106 treinadores PC-7 Mark II.

Em 2009, o ministério adquiriu, por solicitação da IAF, 75 treinadores do exterior, despertando a ira da HAL que esperava projetar e desenvolver localmente esses 106 treinadores primários.

Browne alega como desculpa para não adquirir o produto da HAL de que os altos custos de desenvolvimento de uma versão local pela HAL são proibitivos.

Em contrapartida a HAL afirma que o seu treinador HTT-40 será muito mais capaz e versátil do que o PC-7 Mk II, uma versão do PC-9 trainer. O HTT-40 será um treinador armado, ou seja, também será uma aeronave de ataque leve. Por razões políticas, o Pilatus teve suas armas e pontos duros removidos.

FONTE: business-standard.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário