sexta-feira, 30 de agosto de 2013

MiG-21 de Cuba apreendido no Panamá se destinava ao uso pela Coréia do Norte

O Instituto de Pesquisa de Paz Internacional de Estocolmo (Stockholm International Peace Research Institute) concluiu que o MiG-21 cubano, bem como peças sobressalentes e foguetes, apreendido pelo Panamá foram enviados para a Coreia do Norte prontos para o uso.
Um instituto de controle de armas, informou que as partes do jato de caça apreendidos em um navio norte-coreano por autoridades panamenhas, eram destinadas a serem utilizados pela Coreia do Norte, numa aparente violação das sanções da ONU.

A Stockholm International Peace Research Institute contradiz o governo de Cuba que alega de que não estava violando as sanções, com o envio de peças, mísseis e outros equipamentos para a Coreia do Norte.

FONTE: Washington Post

Nenhum comentário:

Postar um comentário