quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Relatório responsabiliza piloto por queda de F-16 no Afeganistão

O Capitão da Força Aérea, James Steel, morreu no acidente, quando o seu caça F-16 caiu no Afeganistão, em abril de 2013.

O acidente aconteceu quando o F-16C estava voando baixo e não conseguiu desviar das montanhas que estavam em seu trajeto de voo devido ao mau tempo, de acordo com o relatório emitido.

O Capitão James Steel, 29, estava navegando no modo visual, em vez de usar seus instrumentos de navegação, de acordo com o relatório. “Steel morreu por causa de sua incapacidade de perceber o terreno montanhoso em sua trajetória de voo”, segundo uma nota de imprensa do Comando de Combate Aéreo. O piloto não fez nenhuma tentativa de ejetar de seu avião antes de bater em uma montanha a sudeste da base aérea de Bagram.

Na ocasião, Steel fazia parte de uma dupla de F-16s engajados no apoio noturno as forças terrestres. O acidente ocorreu quando os caças estavam retornando para a base.

De acordo com a investigação, o clima era muito ruim, suficiente para que o piloto voasse por instrumentos ao invés de seus olhos. O piloto havia cumprido apenas uma missão no Afeganistão antes do acidente.

FONTE: stripes.com, por Jennifer Svan

Nenhum comentário:

Postar um comentário