segunda-feira, 30 de setembro de 2013

A Boeing confirmou a demissão de 3.000 funcionários

A Boeing confirmou a demissão de 3.000 funcionários, após decidir interromper a fabricação da aeronave militar de transporte C-17 em 2015. O corte fará parte do programa de 30 anos de idade.

De acordo com a empresa, o plano afetará também mais de 650 fornecedores em 44 estados dos Estados Unidos, que empregam cerca de 20.000 pessoas.

Em nota, Dennis Muilenburg, presidente-executivo da divisão de Defesa, Espaço e Segurança da Boing, explicou que os clientes da empresa enfrentam ambientes de orçamentos muito difíceis.

Fonte: Exame

Nenhum comentário:

Postar um comentário