terça-feira, 5 de novembro de 2013

Boeing apoiando vôo da África a Reino Unido em um Stearman

Com o apoio da Boeing, o piloto Tracey Curtis Taylor decolou para um voo de 7.000 milhas (11.000 quilômetros), em um Boeing Stearman biplano, para refazer o voo histórico de 1928 Lady Mary Heath entre África do Sul e Reino Unido.

Heath foi o primeiro piloto, para fazer tal viagem.

Curtis Taylor, um piloto baseado no Reino Unido, partiu da Cidade do Cabo em 02 de novembro, com planos para pousar em Goodwood, perto de Londres, em dezembro. Ela está voando um remodelado Stearman 1942 chamado Spirit of Artemis , nome do patrocinador Artemis Investments.

"Esperamos que esta viagem inspira as pessoas ao longo do percurso para saber mais sobre a história notável de aviação e o papel Boeing tem desempenhado no passado, bem como o importante papel que desempenham na aviação Africana hoje", disse o presidente da Boeing Military Aircraft Chris Chadwick .

Mais de 8.500 Stearmans foram construídos nos Estados Unidos durante os anos 1930 e 1940. O avião era o treinador principal para a Força Aérea dos EUA e da Marinha durante a Segunda Guerra Mundial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário