sábado, 2 de novembro de 2013

iPads a Kindles serão permitidos em decolagens nos EUA

Um dos rituais mais impopulares em viagens de avião, desligar dispositivos eletrônicos antes de pousos e decolagens, está chegando ao fim com restrições.

Quando e como você terá permissão para usar seu Kindle, da Amazon.com Inc., ou iPhone, da Apple Inc., em voos nos EUA dependerá da companhia aérea pela qual você está voando, o aparelho que você está usando, em que tipo de avião você está e talvez o clima do lado de fora.

As fabricantes de aparelhos, lideradas pela Amazon.com, usuários que querem seguir conectados e membros do Congresso que pressionaram a Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) para mudar suas regras, contudo, declararam vitória ontem após o chefe da agência, Michael Huerta, dizer que permitirá que as companhias aéreas solicitem a ampliação do uso de eletrônicos por passageiros.

“Eu vinha esperando, esperando e esperando por essa mudança”, disse o passageiro frequente da Southwest Airlines Co. Nick Skytland, de Houston, sócio da empresa de consultoria de gestão SecondMuse. “Eu acho que essa regra sozinha me fará 50 por cento mais produtivo”.

A FAA inicialmente permitirá que smartphones, tablets e tocadores de MP3 permaneçam ligados todo o voo, incluindo durante as fases de pouso e decolagem, se eles forem mantidos no chamado modo voo, que desliga as conexões celulares.

Os usuários já poderão ler ou ouvir conteúdos em seus dispositivos. Para navegar na Web, baixar conteúdo ou jogar jogos on-line em altitudes abaixo de 10 mil pés, seu voo terá que ser equipado com serviço wi-fi feito para operar durante essas fases. Aparelhos mais pesados terão que ser guardados nesses momentos.

A FAA atualmente proíbe o uso de aparelhos eletrônicos pessoais enquanto um avião está abaixo de 10 mil pés, com a exceção de gravadores portáteis, aparelhos auditivos, marca-passos e barbeadores eletrônicos. As restrições têm o objetivo de evitar interferência com os equipamentos de controle de voo, rádios e navegação.

Ligações e mensagens de texto de telefones celulares seguirão proibidas em qualquer momento durante o voo. Elas são banidas devido a preocupações de que os sinais podem interferir nas conexões com a terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário