sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Força Aérea Brasileira resgata família em área isolada no ES

 Um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) resgatou, na quinta-feira (26), quatro pessoas da mesma família que estavam isoladas na região de Lages, na cidade de Baixo Guandu, no Noroeste do Espírito Santo, distante 180 km de Vitória. Na manhã desta sexta-feira (27), uma aeronave bandeirante da FAB decolou de Vitória com medicamentos para a cidade de Linhares. Em quase uma semana de atuação, a Força Aérea Brasileira (FAB) já resgatou mais de 160  vítimas das enchentes.
Segundo a FAB, a aeronave pousou em uma região montanhosa de difícil acesso e resgatou uma senhora de 75 anos com os dois netos e a mãe das crianças. "Deus ilumine esses anjos que apareceram para salvar a gente. Lá estava muito perigoso", disse a mãe, Eandra Batista.

Os moradores ficaram assustados com a intensidade da chuva. "Faz 50 anos que eu moro aqui e nunca vi uma chuva dessas. A água tomou conta da casa e perdemos tudo", disse Jaciara Bimba, a avó de 75 anos.

Para o Tenente Infantaria André Luis Silveira, a imprevisibilidade da missão foi o principal obstáculo. "O maior desafio dessas missões é ir sem saber o que vai encontrar. Tudo pode evoluir conforme as condições do tempo, do local e do estado das pessoas que vão ser resgatadas", explicou o militar.

Medicamentos

Os helicópteros vão distribuir antibióticos, hipoclorito de sódio (utilizado para descontaminar água), analgésicos e ataduras para os municípios de São Mateus e Colatina.

Governo federal

O governo federal enviou ao Espírito Santo quatro toneladas de medicamentos e insumos farmacêuticos.

Além dos medicamentos, o governo autorizou o repasse de recursos no valor de R$ 6.648.042 ao estado, para execução de ações de Socorro, Assistência às Vítimas e Restabelecimento de Serviços Essenciais.
A medida foi tomada por causa da quantidade de estragos em vários municípios, devido às chuvas dos últimos dias. A decisão foi divulgada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (26).


Fonte: G1 Vídeo: FAB

Nenhum comentário:

Postar um comentário