sexta-feira, 28 de março de 2014

Dois aviões da Avianca realizaram pousos de emergência

 Dois aviões da Avianca realizaram pousos de emergência na tarde desta sexta-feira (28), um em Brasília (DF) e outro em Fortaleza (CE). Nos dois casos, dados preliminares indicam que não houve vítimas ou feridos.

O pouso no Aeroporto Internacional de Brasília/Juscelino Kubitschek ocorreu às 17h43 e a pista continuava interditada no início da noite. A assessoria de imprensa do aeroporto (que recentemente foi concedido à Inframérica) informa que todos os passageiros já foram retirados da aeronave e os procedimentos de segurança foram adotados. Bombeiros foram acionados e foi lançada espuma na pista, como medida de segurança.

À bordo da aeronave estavam 44 passageiros e 5 tripulantes.  Mas ainda não há informações se há feridos. O voo era oriundo de Petrolina (PE) e enfrentou problemas no trem de pouso. Como o aeroporto de Brasília tem duas pistas aptas para pousos e decolagens, as operações estão sendo realizadas na pista que está desobstruída. O fluxo de chegadas e saídas de aeronaves não teria sido prejudicada.

O avião teve uma pane no trem de pouso dianteiro e ao pousar raspou a fuselagem da frente na pista. No entanto, não houve impacto na pista, de acordo com a FAB (Força Aérea Brasileira).

No caso de Fortaleza, foi solicitado que o aeroporto se preparasse para uma situação de emergência, mas a aeronave conseguiu pousar normalmente às 15h46, informa a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que administra o terminal. Não havia passageiros nesse voo, apenas tripulação que estava sendo deslocada para a capital cearense.

Sobre o acidente em Brasília, o presidente da Avianca, José Efromovich, disse, em entrevista à "Globo News", que a aeronave estava com a manutenção em dia. "Vamos verificar o que pode ter causado o problema no trem de pouso", afirmou.

*Com informações do UOL em São Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário